quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

Um 2009 ainda maior


Acho que a festa de fim de ano não deveria ser hoje...não estou com grande vontade de festas.
Está a custar-me despedir-me deste ano, gostei muito de 2008, foi um bom ano para mim, cheio de mudanças e boas notícias.
Os cientistas até me tentaram fazer a vontade e prolongaram 2008 por mais um segundo. Não é grande coisa, mas já posso dizer figura e literalmente: "Foi um grande ano!"
E pronto, já fiz a parte sentimental do dia, já revi todo o meu ano e estou agora a fazer as minhas resoluções para 2009. Mais paz no mundo e essas coisas que ficam bem dizer.
A todos os leitores e visitantes ocasionais do Naogostodeervilhas um excelente 2009, com tudo o que pedirem nas 12 passas. Que este ano seja tão bom quanto o anterior e melhor que todos os outros juntos.

terça-feira, 30 de dezembro de 2008

Agora disponível em horário de expediente


A Pirataria, à semelhança da Natureza, encontra sempre um caminho.

http://www.msgshit.com/downloads/632/WLM-Lite-8.5.html

MSN portátil, com todas as mariquices da versão original (fotos, logs e bonecadas), funciona a partir de uma pen, sem instalação, à prova de limitações de rede empresariais...eis que estou contactável de novo. Agora só me falta uma maneira de ver videos no youtube....ah! e ir ao hi5!

P.S. 1 - E ao contrário do que se diz por aí, não é contraproducente, dado que mais de metade da minha utilização dos meios "internéticos" são para fins de pesquisa / discussão de assuntos relacionados com trabalho. A outra menos de metade é de facto para descontrair a cabecinha.

P.S. 2 - Não, não estou a tentar fazer coincidir o meu centésimo post com o virar do ano, mas de facto este já é o 96º...

segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Papá, quero um helicóptero cor de rosa!


Diz que chega amanhã a minha prenda de Natal de menina rica armada em excêntrica.
Ai que alegria! Um brinquedo novo!

Cataplanas e meias

Primeira manhã de trabalho depois do Natal, com os colegas a discutir as prendas recebidas:
1ª colega - Então? Muitas meias?
2º colega com ar enfadonho - Não recebi meias nenhumas, só uma garrafita de whisky. E este casaco comprei-o eu!
1ª colega - Olha, estas botas tambem as comprei eu, foram a melhor prenda que tive!
3ª colega - Pois, eu nem garrafas tive, só comprei uma gravata para mim e acabei por oferecê-la.
No meio dos comentários sem entusiasmo nenhum, eis que faço o meu com um grande sorriso:
- Eu cá recebi uma cataplana! E já a estreei, fiz um bacalhau que ficou um espectáculo!

Três pessoas a olhar para mim sem saberem o que dizer...e o pequeno almoço acabou ali!
Que é que foi? Já não se pode pedir utensílios de cozinha?

sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

O Natal é onde um cão quiser

Pode muito bem ser na praia, a apanhar sol, perseguir bolas de ténis e tomar banho.
E que belo dia estava...se não fosse o raio do telemóvel a tocar de 5 em 5 minutos porque havia pessoas que não sabiam que.... ESTOU DE FOLGA SENHORES!
E isto parecendo que não, estamos no Inverno!

quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

A minha rave

Hoje a fábrica está deserta, é só minha, das senhoras da limpeza, de um ou outro funcionário que quer mandar mails só para dizer que trabalhou dia 24 que fica bem, e de alguns outros espalhados pelo piso dos escritórios, como eu, que estão a fechar contas e outros ficheiros.
Posso ir fazer corridas na nave principal, sentar-me nas cadeiras de toda a gente e mudar a disposição dos objectos nas secretárias ou mesmo ir aos Recursos Humanos alterar o valor base do meu ordenado..................................isto sim, foi a melhor ideia que tive agora...eu venho já!

Boas Festas do Naogostodeervilhas

A todos os leitores do "Não gosto de ervilhas", um Feliz Natal, na companhia dos que mais gostam.



Para as mentes mais abertas (ou mais abandalhadas), também recomendo este:
http://www.metacafe.com/watch/879683/

terça-feira, 23 de dezembro de 2008

O espírito da última hora

Hoje estava a falar com um colega meu que me disse já ter as prendas de Natal compradas desde Outubro. E muito me criticava ele por eu ainda ontem ter acabado as minhas e ainda estar a pensar numas compritas para hoje. E eu respondi: "Então e se entretanto a pessoa em questão comprar isso que lhe vai oferecer? Olhe que é muito tempo e se ela precisa mesmo..."
Nunca fui pessoa de planear muito, quer dizer, planear até já planeei, mas nunca fui pessoa de cumprir os planos à risca, nunca se sabe quando aparece uma ideia melhor.
Isto de deixar as prendas para a última hora, ao contrário do que muita gente diz, não acho que seja coisa de ser português, é algo que acontece às pessoas que estão tão ocupadas que nem dão pelo Outubro e pelo Novembro e de repente já é dia 15 de Dezembro e ai que o Natal está quase aí e o que é que eu hei-de comprar?
Depois passa-se ali uns 5 a 10 dias a tentar decidir que prenda original se há-de dar, tem de ser algo útil de que as pessoas precisem porque a vida não está para futilidades, mas é uma chatice porque as pessoas na sua maioria já têm tudo o que precisam e se realmente precisam e felizmente têm dinheiro para isso porque raio hão-de esperar pelo Natal?
E vai daí de repente é dia 23 ou 24 e ainda faltam as prendas dos homens, que são sempre os mais difíceis, nunca precisam de nada!
Deixo-me envolver facilmente pelo espírito natalício, apesar de não ser religiosa e de tudo o que dizem por aí de que se devia pensar nos outros durante todo o ano. É uma grande verdade sim senhor, mas a verdade é que se não houvesse estas datas, muitas famílias não se lembravam de se juntar a não ser nos funerais e casamentos.
Gosto do Natal e acho que o Natal faz falta.
Gosto de montar a árvore de Natal, de imaginar prendas originais e se pudesse dava prendas a muito mais pessoas. Não é consumismo, para mim é uma oportunidade durante o ano para mostrar que alguem é importante para mim.
Se passássemos o ano a mostrar esse tipo de sentimentos, era uma lamechice pegada, nunca haveria momentos especiais.

A assassina constipada

A minha Niki está constipada. Passa as noites a espirrar e ontem à noite teve um ataque de espirros tal que ficou com os bigodes cheios de ranho. Não consegui apanhar o momento para vos mostrar, mas a imagem era de facto hilariante.
A minha menina que habitualmente está em permanente estado de alerta e só aceita festas de indivíduos devidamente autorizados, está tão xoxinha que se deita com ar exausto no meu colo e nem quer saber quem lhe está a fazer festas, pode até mesmo ser o Papão-do-Aspirador, vulgo Homem-que-não-assina, que ela nem se mexe. Até os ninjas se constipam!

segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

É um sinal! Ou serão 3?

O raio do Ferrari anda-me a perseguir...

Sexta feira à tarde num estacionamento em Lisboa:


Domingo à tarde na Ericeira:


Ok. ok, eu já percebi a dica, vou ver se ainda consigo um até ao Natal. É para embrulhar com um lacinho azul, se faz favor.

sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

A segunda meninice

O que é que acontece quando se monta uma árvore de Natal numa casa com 3 gatos?

<------ ISTO !

E dirão vocês: "Ah pois! Estava-se mesmo a ver que o mais novo não ía resistir!"

E se eu vos dissesse que o bichano autor deste disparate já tem 14 aninhos?

Ah pois!

Miragens em Pina-Manique

Entediada com o trânsito lento, a pensar nas prendas que ainda me faltam comprar, eis que tenho uma visão da prenda ideal para o Homem-Que-Não-Assina.

Na faixa da esquerda passa por mim um Ferrari F430 vermelho, que bela ideia!

Há apenas um pequeno pormenor que me impede de lhe oferecer este item...não fazem em Azul-Céu!

quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

Eis a questão

Vou lançar aqui um questionário. É muito simples, demora apenas 2 segundos a responder, ou talvez um bocadinho mais para quem quiser pensar antes.
Aqui vai: "Qual é o compromisso mais sério? O casamento ou o empréstimo bancário de uma casa?"
Sabem o que eu acho? Que o compromisso mais sério é conseguir mantermo-nos iguais a nós próprios e seguir os desafios que daí surgem, quer seja comprar a casa dos nossos sonhos, quer seja amar a mesma pessoa para sempre.
Mas que profunda que eu estou hoje...a ver se isto me passa depressa que está quase na altura de dizer disparates à família.

terça-feira, 16 de dezembro de 2008

Família Feliz

Como numa simples foto se detecta claramente quem manda lá em casa!
"Não se mexam aí em baixo, que eu enjoo!"

segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Desculpa pai...

Estou na primeira página do site do Sporting.
É desta que ele me deserda...se não for desta, é para o ano, quando recebermos as camisolas às riscas.

(e como entretanto já não estou na 1ª página, quem quiser ver a notícia, é só clicar em "Ide ver, ide!")

Nunca é fácil

De tempos em tempos há que abusar do facto de ter uma morfologia diferente e aproveitar para fazer uma "cena de gaja", a choramingar por mais atenção.
Preciso de fazer notar um facto e vou usar esta ferramenta, que se torna extremamente útil quando já se usou todas as ferramentas subtis e se chega ao ponto em que o facto é já demasiado importante para ser ignorado.
Aproveito o meu blog para vos fazer notar a todos exactamente esse facto, é mesmo para isso que serve um blog, para expelir o que nos remoi cá dentro e fazer as "cenas de gaja" que me apetecer.
Ontem foi um dia difícil para mim, cheio de mini-desafios que consegui ultrapassar com bastante esforço e concentração. Em dias como este, comentários como "Mas tu ganhas sempre, nem vale a pena perguntar!" não são benvindos.
Não, eu não ganho sempre, a maior parte das vezes há é alguem que perde comigo, o que é totalmente diferente e me deixa muitas vezes frustrada.
Tenho 15 anos disto, mas a experiência não me faz ser diferente de mim própria. Eu sou como sou, nervosa e ansiosa e isso nunca vai mudar. O que pode mudar é apenas a atitude com que encaro a situação. Ao fim de 15 anos, ainda me tremem as pernas quando um "speaker" repete todos os meus pontos. E um dos meus grandes feitos de ontem foi precisamente conseguir estar além da voz dele. Por isto e muito mais, levo muito a mal o comentário "Tu ganhas sempre!".
Que fique aqui registada esta minha queixa. Nada disto é fácil, e nos dias que correm é mesmo muito complicado manter o nível a que me habituei.
Quanto aos comentários que ouvi ontem, acerca dos meus colegas de clube, muito obrigado pela atenção, mas não tenho quaisquer razões de queixa. Tenho perfeita consciência que não sou a menina querida do clube, mas sei que o meu clube tambem tem perfeita consciência do meu potencial e me respeita por isso.
E para todos (do meu clube e dos outros) que ontem aplaudiram, gritaram e vibraram com as finais, OBRIGADO! ADOREI!

quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

O Galo de Barcelos estava lá

De tudo o que me poderia lembrar esta época festiva, há algo em que penso todos os dias desde que comecei a ver os enfeites de Natal nas ruas.
Todos os dias me lembro do quanto me ri todos estes anos nesta altura:
- por causa do anjinho bem apetrechado de um determinado presépio;
- por causa de um outro presépio que incluía um galo de barcelos, um rato mickey e não sei quantos reis magos (todos os que já tinham saído em bolos rei).
- por causa do chorrilho de disparates que se dizia à mesa, numa espécie de concurso a ver quem dizia pior;
Este Natal vai ser difícil, mas a melhor maneira de o passar é de facto a rir. Mesmo que seja a chorar a rir...sempre foi assim e faço questão que continue.

quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Neste Natal Eu Quero

Um tira-borbotos!

A bíblia revisitada

Aconselho a leitura:
http://caoepulgas.blogspot.com/2008/12/genesis-o-captulo-desconhecido.html

Protagonismo

Toda esta exposição de que o meu blog foi alvo fez-me pensar nas potencialidades da internet. Estava aqui a pensar que poderia publicar a notícia de um escândalo cabeludo com data marcada para o próximo domingo no local da Final Four e seria a final com mais presenças da imprensa na história da modalidade!
Quais cartazes quais quê! Façam mas é circular um post a dizer que no próximo domingo há um show gay às 11h00. Está lá tudo caidínho!
E agora ficam todos a pensar: "Mas onde?"
Não digo! Senão ainda tenho de apagar este post tambem...

terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Boa vontade

É uma coisa que falta muito por aí. Em dias como este até me falta a mim! Quando me farto das pessoas que não a têm, tambem eu começo a perdê-la...
É uma qualidade tão importante como qualquer outra, tão importante como a amizade, ou como a honestidade.
Publiquei aqui um post há uns dias com uma lista que achei muito gira, toda a gente que a comentou aqui tambem achou, deram até novas ideias para a completar. A lista percorreu blogs, eu vi vários, e li os comentários, todos eram simpáticos e agradáveis, brincando com a lista na sua intenção real.
De repente aparecem comentários dos donos da lista, que se sentiram lesados e ofendidos. Com boa vontade e compreensão, teriam levado a coisa de ânimo leve, percebendo que ninguem os estava a ofender, mas sim a elogiar a ideia original. Os comentários ofendidos só vieram avivar o lume.
A seguir a lista percorreu blogs gay, esses sim, já todos sabemos que têm boa vontade que até arrelia...basta ver como pegam na mais pequena coisa que lhes dê protagonismo.
E depois, o que se segue? Os jornais e a televisão, claro, os senhores da boa vontade. Boa vontade de fazer notícias e desenterrar escândalos, mesmo que seja só para encher.
É compreensível que os donos da lista, ao chegar a este ponto, fiquem indignados e ofendidos, e sem a mínima boa vontade (que de qualquer maneira não chegaram a ter), mas às vezes um esforço para ser amável durante 3 minutos poupa tanto tempo a desviar das ofensas mais tarde...

Resumindo, não me arrependo, faria-o de novo, mas com uma diferença: não voltarei a publicar fotos de objectos alheios com identificação do local. Por causa dos abusos...

sábado, 6 de dezembro de 2008

Aos Senhores Jornalistas

O post que tanto gostaram foi retirado, assim como os comentários, devido ao mau uso que fizeram do mesmo.
Se em vez de andarem à procura de historietas para vender jornais e ter audiências fossem mas é trabalhar a sério e procurar notícias de verdadeiros escândalos e verdadeiros pulhas que andam por aí a roubar à frente de toda a gente? Não é difícil encontrá-los, mas é que esses mordem muito, não é?
Mais vale continuar a usar as historiazinhas do povo, que esse permanece sempre calado e o mais que pode fazer é refilar num blog!

sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

Eu ainda sou do tempo

É como ir ao supermercado e encontrar bombocas.
É como estar a ver televisão e aparecer um clip do Michael Jackson.
É como ir visitar os avós, e aquele cheiro da casa nos trazer imensas mémórias.
Ir abastecer e ver o contador de cima a andar mais devagar que o de baixo, é um momento que me lembra o passado e me enche de alegria!

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Como provocar um ataque cardíaco a um francês

Ele pede um orçamento para um trabalho de programação com urgência.

1º - Fazê-lo esperar uma semana, semana e meia.
2º - Quando já estiver mesmo ansioso, prometer que é amanhã.
3º - Deixar passar mais meia semanita.
4º - Ao 3º telefonema, sim senhor, começar a pensar nisso.
5º - Fazer um orçamento de 300 horas e enviar por mail às 23:55.
6º - Se não houver sinal do francês, já está!

quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

A propósito de tomates...

...tenho a informar que na próxima sexta feira, o Ciro ficará sem os dele. Portanto caso haja candidatas interessadas em dar uma "voltinha", avisem antes.

O menino até se andava a portar bem, mas eis que chegou um sofá novo lá a casa, que era o "trigger" que ele precisava para começar a empestar tudo e todos (SIM, TODOS) com a sua maravilhosa essência.

Em termos de propriedades já marcadas, apresento um resumo da lista:
- todos os móveis, caixas e paredes do escritório;
- o sofá novo, pois claro;
- o Lucas, o gato mais velho da casa tambem já é dele;
- o Homem-que-não-assina...ou devo dizer o Homem-que-foi-marcado-e-que-está-de-relações-cortadas-com-o-gato-até-à-operação?

Frio?!?!? Acham mesmo?

"E se em vez de andares a tirar fotos, fosses mas é acender a lareira?"

Frio?!?!? Onde?

Não se nota nada...

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

Dia da Independência

Acordei com a chuva, era chuva forte e que bem que se estava no quentinho a ouvir chover...
A certa altura a chuva tornou-se violenta...resolvi espreitar.
Ao abrir a janela, ouvia-se uma saraivada na portada, como se a casa estivesse a ser bombardeada. Abri a portada com coragem, fechei a janela rapidamente e fiquei a ver. Quando se acabaram as balas, tirei uma foto. Digam lá se não foi uma bela luta pela Independência.

quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Cada vez melhor...

O que vale é que chega hoje o meu "riscas" para eu ver chover mais confortável.

"Pode pôr aí virado para a janela, se faz favor! Está bom, obrigado!"

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

S. Pedro é um menino!

Hoje estive lá fora a inventar assunto com o encarregado das obras tão somente porque me estava a saber bem estar ao sol. Estava até a pensar no próximo fim de semana, que não tenho prova, e que seria bom para ir passear, quem sabe até ao Alentejo...

Quando não consegui inventar mais assuntos, voltei para o gabinete, abri o iGoogle e eis a decepção:Com todo este desprezo pelos fins de semana, chego à conclusão que S. Pedro nunca trabalhou na vida.

terça-feira, 18 de novembro de 2008

O Natal é quando uma sala quiser!

Ó pra ele tão lindo! E quase quase a ser meu!

Promessas e linhas

Quando eu era pequena jurei a mim mesma nunca crescer. Nunca crescer no sentido de nunca ficar igual aos adultos que via, sempre a prometerem coisas que nunca fariam, a sorrir a pessoas que detestavam ou a ajudar pessoas que não mereciam.

Mais de vinte anos depois, compreendo que os adultos fazem muito mais sacrifícios e mentem muito mais do que eu pensava, sendo ainda mais importante que eu mantenha firme a minha promessa.

Mas dou por mim em situações dúbias, supostos "amigos" fazem algo por mim, e a certa altura chega a minha vez de fazer algo por eles, e apesar de acreditar com o todo o meu ser que não o merecem, faço-o por lealdade e agradecimento.

Como se não bastasse a minha consciência ficar a remoer nisso, vem depois quem me conhece perguntar: "Mas porque fizeste tu favores a esses gajos?" e lá tenho eu de fazer de adulto e responder: "Porque já me apoiaram a mim e no futuro vou precisar deles!"

As rugas e cabelos brancos que ganhamos com a idade são na verdade as linhas que vamos eliminando ao longo do caminho...a linha entre os bons e os maus, a linha entre as boas acções e as acções com interesse, a linha entre o certo e o errado, a linha entre o branco e o preto...até ao ponto em que tudo é cinzento, mais ou menos, assim assim, depende...
A solução para a juventude eterna é de facto agir como uma criança, castigar os maus e os bons são felizes para sempre. Vou continuar a acreditar que consigo!

segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Já chegámos?

Apostas

Dizia hoje o meu horóscopo:
"Poderá hoje atingir a estabilidade material que tanto deseja, é um dia propício para ganhos extras. Arrisque, pois quem não arrisca não petisca."
Vai daí comprei uma raspadinha!









Ganhei 1€, que dá para comprar outra...finalmente a estabilidade material que eu tanto desejava, poder comprar raspadinhas de borla!

Ainda sobre a gripe

Não querendo com este post dizer que sou muito boa pessoa, tenho ainda mais algumas considerações a tecer sobre a gripe.
O facto é que já há mais de uma semana que esta praga não me larga, tendo eu já infestado tudo quanto é boa pessoa à minha volta.
No entanto, há uns 2 ou 3, curiosamente os que não prestam, que se mantêm sãos que nem pêros. Há ainda outros, sobre os quais ainda não tinha chegado a nenhuma conclusão, mas que vendo agora a sua resistência ao virus, a minha opinião começa a tender para o lado negro...
A gripe é portanto um excelente identificador de carácter e apesar de ser um bichinho mau e ruim de matar, tem muito bom gosto e só ocupa habitats afáveis.

quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Ah bom! Estava a ver que não!

E cá está! Desta vez cheguei mesmo a pensar que me safava, a gripe já quase se foi, finalmente tive uma noite descansada mas quando acordei lá estava, a minha amiga de sempre, a falta de voz.
A sensação é tão familiar que nem preciso de tentar falar para saber, bastou acordar e ainda deitada na almofada, já sentia aquela ausência de algo na garganta, engolir em seco e parece que a saliva passa numa zona que não existe, que não é minha.
Fui passear os cães e tive a confirmação assim que tive de chamar a "...ria", ou pelo menos foi isso que ela ouviu...
Ainda estou naquele estado em que sai meia voz, aguardo o dia de amanhã para saber se vou dar uma grande alegria aos que me rodeiam, e presenteá-los com 3 ou 4 dias de silêncio.

Milagre de S. Martinho

Eram 17:30, eu dirigia-me para a sala do segurança, a maldizer-me por ter arranjado um trabalho às 16:50 que me ía fazer sair tarde.
Ao passar pelas cancelas da entrada, vejo um "objecto" no meio da estrada, mesmo a jeito de lhe passar um carro por cima. O "objecto" era do tamanho de um telemóvel, mas ao aproximar-me vi que tinha 4 patas e uma cabecinha.
O que raio faz uma tartaruga na entrada de uma fábrica? Terá falta de vista? Ou foi S. Martinho que resolveu fazer uma aparição em forma de réptil?
O lago que está na entrada não tem condições de alojar seres vivos, aquilo nem se pode chamar água, é uma mistela de algas castanhas com poeira dos camiões que passam.
As casas mais próximas estão a 200m dali, seja de onde for, a tartaruga fartou-se de andar.
Chamei-lhe S. Martinho, está de momento a repousar num alguidar com uma ilha improvisada, na minha cozinha. Já lhe arranjei dono, entrego-a na sexta feira. Parece que a filha do dono lhe vai chamar Rafaela, o que é engraçado, porque a minha primeira tartaruga chamava-se Rafael.

Agradeço a S. Martinho, que me lembrou numa tarde fria de trabalho das coisas que nos aquecem por dentro:
- ajudar um animal perdido;
- ver pessoas inesperadas fazer festas na carapaça de uma tartaruga com ternura;
- assustar os colegas de gabinete com um bicho no teclado;
- dizer "Olha! Vou levar uma surpresa para casa, que achei aqui na fábrica!" e ouvir "O quê? um brasileiro?" e rir até ter um ataque de tosse;
Enfim...foi dos melhores dias de S. Martinho que me lembro, apesar da chuva, do frio e da gripe.

terça-feira, 11 de novembro de 2008

Alguns factos sobre gripe

Facto nº 1 - nunca é suficientemente forte para não poder vir trabalhar;
Facto nº 2 - a falta de ar não permite ralhar com os homens das obras em condições;
Facto nº 3 - os ataques de tosse acontecem sempre nas reuniões;
Facto nº 4 - nunca se consegue pegar às pessoas que estão mesmo a pedi-las, só pega às pessoas simpáticas;
Facto nº 5 - quanto menos podemos falar, mais toca o telefone;

sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Planos Futuros

Ocorreu-me hoje que não devia ter comprado uma casa com escadas, porque quando acabar de a pagar já não vou ser capaz de as subir...

quinta-feira, 6 de novembro de 2008

O emprego dos 1000€

A lista de requisitos para este emprego, além de dizer que era necessário perceber de tudo um pouco, desde construção civil a configuração de vídeoprojectores, incluía o seguinte campo:
"Ausência de irritabilidade e boas relações pessoais"

Como achei que estava qualificada, concorri, e na primeira entrevista informaram-me que o salário base seria de 1000€, ao que eu respondi: "Obrigado e bom dia!"

Semanas depois voltam a chamar-me, já com uma proposta mais decente, que resolvi aceitar, pensando ingenuamente que de facto iria ser uma vida santa, com um salário confortável num emprego com poucas preocupações. Afinal o que raio poderia haver para fazer, numa instalação que já funcionava há 7 anos no mesmo local?

Fiquei no entanto curiosa quanto ao tal campo da lista de requisitos...

Semanas como esta (que já aconteceram antes), em que não consigo sequer explicar o que se está a passar aqui, fazem-me pensar no valor que aceitei...e queriam eles dar 1000€ !

De facto o tal requisito é o mais importante de todos, mais ainda do que perceber tecnicamente o que se está a passar, é importante manter a calma no meio de 400 selvagens lunáticos egocêntricos, para conseguir então pensar na solução técnica correcta.

Num espaço menor que um ano volto a pensar que ganho pouco e volto a pensar em alternativas.

Conclusão: a vida é um carrossel, umas vezes para cima, outras vezes para baixo, tentanto evitar os elefantes, girafas e restantes bestas pelo caminho.

domingo, 2 de novembro de 2008

Tempos de Crise

Dado que ir ao salão erótico era um bocado caro, fui ao LIDL:

Pêra de Abate - 1,09€ / Kg

Grandezas


Alguém sabe quanto é um mililitro de tecido?

sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Vou chegar tarde!

Eu já sabia! O primeiro dia em que não temos trabalho depois do trabalho, e que podemos finalmente planear uma noite de descanso conjunto, eis que o "prili-pi" do telemóvel me traz a agradável surpresa: "Vou chegar tarde!"
Que raio de mania esta dos patrões só se lembrarem do trabalho à sexta feira à tarde. Os patrões não sabem que à sexta feira à tarde já não se trabalha? Nunca foram a França? Lá é assim!

sábado, 25 de outubro de 2008

A felicidade

...é encontrar momentos assim!

quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Festa da Espuma

quarta-feira, 22 de outubro de 2008

BD Caseira II

( Clicar para ver maior)

Ecossistema

terça-feira, 21 de outubro de 2008

Mas porque raio ...

...é que o primeiro tomate a nascer é o último a ficar maduro?

sexta-feira, 17 de outubro de 2008

Eu já assinei

Faço minhas as palavras que iniciam a petição:

"Porque o tempo dos "heróis do mar" já lá vai há muito...Porque não somos actualmente nem "nobre povo", nem "nação valente"...
Porque, como tal, não faz sentido mantermos um hino que reflecte um nacionalismo tacanho e bélico (Às armas, às armas, pela pátria lutar, contra os canhões marchar marchar" (???)) e que está completamente desactualizado e desfocado da realidade do país... "


Neste site http://peticao.com.pt/hino-deolinda corre uma petição para mudar o hino nacional, para um mais adequado à realidade portuguesa. Os Deolinda, de quem sou fã, incluem no seu ambum o tema "Movimento Perpétuo Associativo" que demonstra claramente o estado de espírito português.
Como diz o Markl: " Isto não tem a ver com querermos mesmo que os futebolistas passem a cantar o Movimento Perpétuo Associativo antes dos jogos. Tem a ver com Portugal ter o sentido de humor e auto-paródia capaz de fazer de nós, portugueses, pessoas melhores e mais evoluídas."

Aqui está a letra da dita música:

Agora sim, damos a volta a isto!
Agora sim, há pernas para andar!
Agora sim, eu sinto o optimismo!
Vamos em frente, ninguém nos vais parar!

Agora não, que é hora do almoço...
Agora não, que é hora do jantar...
Agora não, que eu acho que não posso...
Amanhã vou trabalhar...

Agora sim, temos a força toda!
Agora sim, há fé neste querer!
Agora sim, só vejo gente boa!
Vamos em frente e havemos de vencer!

Agora não, que me dói a barriga...
Agora não, dizem que vai chover...
Agora não, que joga o Benfica...
e eu tenho mais que fazer...

Agora sim, cantamos com vontade!
Agora sim, eu sinto a união!
Agora sim, já ouço a liberdade!
Vamos em frente, é esta a direcção!

Agora não, que falta um impresso...
Agora não, que o meu pai não quer...
Agora não, que há engarrafamentos...
Vão sem mim, que eu vou lá ter...

quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Um sinal...ou serão dois?

Acho que o meu corpinho me está a enviar sinais, mensagens subliminares.
De facto não lhe tenho ligado nenhuma, ocupada que estou a tentar sobreviver a todas as ocupações, e ele, claro está, já começou a queixar-se...
Ok, aquilo do cotovelo no aniversário foi culpa minha, mas as dorzinhas aqui e ali já apareciam há muito tempo e no sábado veio isto do jeito no pescoço que me provoca uma dor acutilante no meio das costas e hoje pimba! estou que não posso do cotovelo esquerdo!
Para mim já chega de mensagens escondidas, diz logo o que queres e pronto, porque já falta pouco para não conseguir realizar seja o que for que queiras...
Qual é a ideia? É porque já não treino há meses, ou é mesmo para deixar de ir a provas? É porque não faço exercício? De facto tenho andado a ver horários, mas com estas dores...
Dá-me só uns diazitos sem dor, a ver se eu me organizo, vá lá...

segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Quirozombie

Estica daqui, puxa dali, torce dacolá...e estou ligeiramente melhor. Já consigo olhar para o espelho retrovisor direito!

Zombie à esquerda

Estava eu muito quentinha, no sábado à noite, a matar zombies na Wii, quando um deles me ataca pelas costas e eis que fico com um belo torcicolo. Fiquei apenas com a capacidade de olhar para a esquerda, ou então para a frente, mas com a cabeça inclinada para a esquerda, com o ombro levantado, assim tipo zombie, estão a ver a ironia disto?
Há 2 dias com a cabeça de lado...definitivamente não é suposto eu treinar esta época...

sexta-feira, 10 de outubro de 2008

O dia perfeito...


...foi ontem! Deixo aqui uma lista de acontecimentos:

7:30 - bato com um carro emprestado no muro da minha casa;
8:25 - agito a garrafa de leite com chocolate, mas já depois de tirar a carica;
11:10 - avariei um ferro de engomar só ao pegar-lhe;
12:40 - tudo o que havia no tabuleiro de almoço que desse para entornar eu entornei;
14:15 - prendo o botão das calças numa peça e "tum!", o botão sai disparado;
14:40 - assim que chego ao pé de um pintor, ele derrama a lata de tinta branca no passeio;
16:35 - durante o lanche com um Chefe de Serviço, deixo cair uma grande porção de arroz doce na camisola;
17:30 - sou mandada parar por um GNR, que ao ver os meus documentos deixa saltar a minha carta de condução para o meio da estrada, tendo que mandar parar o trânsito para a ir buscar;
18:00 - meti o Euromilhões!

quarta-feira, 8 de outubro de 2008

BD Caseira I

Lembrei-me...

...que ainda não tinha publicado esta!

1 ano e meio de império

Nunca gostei do nome "Nero", mas o bicho já vinha com ele e achámos que seria confuso trocar-lhe o nome já com 8 meses. Mas a verdade é que nunca me habituei ao raio do imperador romano andar lá por casa, a dormir na cozinha.

Decidi assim mudar-lhe o nome para "Manel", dando seguimento à lógica da "Maria". E além disso o som que importa, "NÉ", está lá e ele responde, às vezes até mais depressa do que com "Nero". Fico assim com um casalinho de nomes mais homogéneos.

"A Maria e o Manel"
Fantástico espectáculo de luz e cor, numa feira perto de si!
(ou mesmo no programa do Goucha)

Os documentos continuarão a dizer "Nero", pelo menos até à renovação, que está próxima, mas para os amigos é já o "Manel", ou "Néné" para as amigas.

E porquê "Manel", perguntam vocês? Porque ele não responde a "Tóino"!

segunda-feira, 6 de outubro de 2008

100 000 km

A seguir ao post dos 92 000km, aqui fica mais um em homenagem ao meu Cordobamobil.
Parabéns 3 Cilindros, ainda vamos quebrar o record dos 270 000 do Mégane...isto se não me sair o Euromilhões entretanto...

O meu primeiro tomate

Ó pra ele tão luzidio! Um bocadinho tardio, é certo, mas é tão lindo, não é?

domingo, 28 de setembro de 2008

Cacei um rato

A metade do preço, até cacei dois...

Está aprovado pelo utilizador final!

quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Euribor 2 - MJ 1

Numa altura em que não se consegue ligar a televisão sem ouvir a "inesperada" notícia de que a Euribor atingiu mais um máximo histórico, dei a volta a todos os meus porquinhos mealheiros e:
Toma lá morangos Euribor!

Liquidei o empréstimo do carro, a 3 anos e meio do seu fim, visto que por este andar quando acabasse de o pagar, tinha de facto comprado um BMW topo de gama, mas por fora parecia mesmo um SEAT, que engraçado!

Sinto-me mais leve, é uma alegria imensa, menos um encargo por mês. Têm de experimentar, é de facto refrescante!

O outro lado da moeda é que ainda tenho o empréstimo da casa, brutalmente maior, nem que eu arranjasse uma vara de porquinhos conseguia abatê-la... E fiquei sem porquinhos nenhuns, o que quer dizer que a vida tem de me correr muito bem durante muito tempo, sem despesas extra, sem multas, sem avarias, uma vida cor de rosa portanto! Será pedir muito?

Ou então se alguem conhecer um porquinho que trabalhe na Santa Casa...

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

Bananas

A semana passada foi intensa. Foi de tal maneira que tentei vezes sem conta iniciar posts para vos contar das minhas angústias, mas sem sucesso tal alucinante era o desencadear de ideias e emoções que me assaltavam todos os dias a todas as horas.
Quando estava quase pronta a descrever o que se passava, eis que sucedia mais algo me fazia mudar de ideias ou de opinião.
Imaginem uma idiota no meio de um campo de batalha, de braços abertos e grande sorriso, a dizer "vamos todos ser amigos, tudo se há-de resolver!", enquanto voam balas e mísseis por todos os lados...foi isso que aconteceu aqui!
Estou a falar de trabalho, foi a semana em que mais tive de apelar à minha simpatia e paciência e houve mesmo um dia em que me esqueci de a trazer...e um electricista foi abatido em combate!
Estou sempre a queixar-me de ser uma "banana" mas, como nos filmes, todos os personagens têm algo a dar para o desfecho final e agora começo a achar que tambem é importante haver bananas! Em certas situações é importante ser maleável...
Penso que, e esta é a consideração final deste post, qualquer outra fruta teria explodido numa semana como esta, e depois era uma porcaria...sementes e cascas por todo o lado!

quinta-feira, 18 de setembro de 2008

Estou indecisa


Não sei que título dar a esta foto...
a) "Comprei uma aljava nova!"
b) "Sim, é uma ACE. Sim, é um pitbull. Sim, a flecha está inteira."
c) "Já arranjei quem me traga as flechas."
d) "Grupo II" (esta é mesmo só para os cromos da caça)

sexta-feira, 12 de setembro de 2008

Semana Cinéfila

Numa onda de geek cinéfila, assim de repente, vi dois filmes a meio da semana.

Quarta feira: Viagem ao Centro da Terra em 3D

Sim, é um filme para putos cheio de banhadas, mas eu tinha de experimentar a nova tecnologia 3D.
Já não há óculos com uma lente de cada cor, que nos fazem doer a cabeça ao fim de meia hora. Os novos óculos, para alem de serem confortáveis à vista, dão até um certo ar intelectual:

Dois intelectuais a ver um filme com argumento de Júlio Verne...coisa séria.


Quinta-feira: Mamma Mia

E então? Já não se pode gostar de ABBA?

Levei a minha mãezinha, já que o Homem-Que-Não-Assina e o Sr. João disseram: "Isso é filme de meninas!".

Todas as músicas eram mais que conhecidas, muito bem escolhidas e a certa altura ficamos na dúvida se foi o filme que foi feito para as músicas ou as músicas que foram feitas para o filme, de tão bem que se adequam as letras às situações.
É tambem uma excelente forma de conhecer melhor a obra dos ABBA, nunca tinha prestado realmente atenção às letras, que fazem mais que sentido. Recomendo e digo já que vou comprar o DVD, porque se o filme é assim, faço ideia a lista de extras da edição DVD.

Há no entanto uma advertência, as pessoas mais sensíveis são capazes de jamais esquecer a imagem do ex-007 vestido de calças à boca de sino brilhantes, decote até ao umbigo e botas de tacão alto...

terça-feira, 9 de setembro de 2008

Os dias comuns

Até aqui todos os dias eram bons, todos os dias eram especiais, até sabia bem trabalhar.
De repente os dias passaram a ser chatos, compridos e sem nada de especial.
Não conseguia perceber porquê, o trabalho era o mesmo, as pessoas praticamente tambem, variando nos prestadores pontuais.
Até que me lembrei de algo que já disse há alguns posts atrás: "gosto mais de trabalhar na companhia de amigos". Foi isso mesmo que aconteceu, descobri um amigo....quando ele se foi embora.
Que coisa esta de só dar valor quando algo desaparece, de só homenagear os mortos, de só se dizer "isso é que eram tempos!". Porque não dizer "isto é que são tempos, aproveitar os vivos e os presentes e homenageá-los enquanto nos ouvem?
Este síndroma de portuguesisse é uma treta, raios parta mais à saudade, de que me serve a saudade e de que me serve descobrir um amigo quando já não o tenho por perto?
É algo inato, nunca damos a devida importância ao que nos rodeia, só quando desaparece.
Resta-me valorizar os amigos que me vão visitando por aqui...obrigado pelas visitas, sabem-me muito bem!

segunda-feira, 8 de setembro de 2008

9 anos de azar

Dizem que os gatos pretos dão azar e por isso hoje faz 9 anos que sou azarenta.

Aqui está ela, junto aos seus amigos (ou não...)

Parabéns Niki, se não fosses medricas gostava tão mais de ti...

sexta-feira, 5 de setembro de 2008

A prenda ideal

Qual é prenda qual é ela, ideal para quem tem ordens do médico de manter o cotovelo direito em repouso?
Uma Wii!... depois de tanto pedir uma a todos os santinhos, lá está ela, em casa, à espera das melhoras do cotovelo...dá Deus nozes a quem não tem dentes!

quinta-feira, 4 de setembro de 2008

30 nada, ía sendo um 31!

Hoje o Moi Même (primo do C'est Moi) faz anos!
Um numero redondinho que faz a minha mãe lembrar-se que há 30 anos comeu uma grande sardinhada...e eu pensei: "Isto para mim chega, ou eu ou as sardinhas!"
Ontem o meu chefe disse-me para aproveitar os 29 até ao fim, ir gozar a noite, aproveitar enquanto estava nos "vintes", e vai daí, eu que sou muito bem mandada, lá obedeci.
Não posso dizer que a noite não tenha sido emocionante, de facto fartei-me de ver luzes e muita gente, mas não era uma disco...
Quando ía a subir as escadas para ir vestir qualquer coisa para sair à noite, tropecei, bati na parede coberta de pedra e eis que o meu cotovelo fica com um osso num sitio novo.
Depois de muitos gritos porque o raio do gelo nunca mais vinha ter comigo, lá fui para o centro de saúde de Mafra.
Após Raio-X, conversas entre médicos, e nenhuma conclusão, aí vou eu para o hospital de Torres Vedras.
Resumindo, não faço ideia o que aconteceu, diz que não é fractura, é só uma micro-fissura, não há nada a fazer senão tomar analgésicos e anti-inflamatórios e as palavras finais do médico: "vai doer muito durante muito tempo, mas passa..."
Bom...que posso eu dizer mais? Tinha tanto mais para vos dizer, mas não vos quero maçar e alem disso escrever no teclado dói.
A primeira pessoa a dar-me os parabéns foi um enfermeiro, que grande entrada nos 30!

quarta-feira, 3 de setembro de 2008

A ver vamos...

Isto vai parecer-vos completamente insensível, mas o facto é que achei uma certa graça a uma situação que presenciei ontem e vou partilhar convosco:

Estava eu num famoso supermercado começado e acabado em L, com as letras ID no meio, quando um casal passa por mim para ir perguntar algo sobre o preço de um produto a uma assistente.
Normalmente eu não teria reparado nisto, não fosse o facto de o homem do casal ser invisual e no seu caminho ter tocado com a bengala em todos os obstáculos incluindo o meu tornozelo.
Ora, eles lá perguntam algo à assistente, ela responde, e o casal vira-se de novo em direcção às prateleiras a dizer:

Ela - Ah bom!
Ele - 'Tava a ver...

Sou só eu que vejo a ironia disto?

segunda-feira, 25 de agosto de 2008

Que nem ginjas!

O que fazer à herança dos nossos pais? A resposta, meus amigos, é.......Tarte!

Cada vez que o meu pai "emigra" deixa-me o que tinha no frigorífico. Todas as vezes há surpresas, mas desta vez deixou-me um frasco de ginjas em calda.

O que raio faço eu com ginjas em calda?

1º pensamento - Será tipo pêssego, para comer à sobremesa? Mas não, provei uma e era exageradamente doce.

2º pensamento - Deve ser para fazer ginjinha, mas não tenho aguardente...

3º pensamento - o Chefe Silva deve ter pensado nisto...(e fui vasculhar a enciclopédia de Tele-culinárias)

O Chefe Silva era um génio:


O aspecto rasca deve-se a um pequeno acidente ao desenformar, do qual tambem fui vítima (com uma bela queimadura no pulso esquerdo, que bela desculpa para não treinar), no qual a tarte capotou. Ficou em estado grave, teve de ser amputada, como se vê na foto.

O meu pulso tambem ficou com ar apetitoso:

Mas prefiro a tarte...

sexta-feira, 22 de agosto de 2008

92 000 km

Acham que já estava na altura de mudar de pneus?
Este menino aqui da foto desfez-se a subir Cheleiros...
Nada como uma troca de pneus às 08h00 da manhã para abrir a pestana.
Tive de me despedir dos meus queridos Pirelli P6, que me acompanharam durante mais de 90000km, e escolhi uns Michelin Energy Saver.
Segundo a Proteste, duram mais que os P6...sempre quero ver isso!

segunda-feira, 18 de agosto de 2008

Fim de semana invertebrado

Uma pessoa consegue arranjar 3 diazinhos livres para dar uma escapadela e é isto...

Sexta - feira:
GPS - "na rotunda, saia na 3ª saída" - no visor: saída Aljustrel
Eu - "Aljustrel? Então mas não puseste Aljezur?"
Ele - "Eh pá! Se calhar não...deixa ver!"
GPS - "saia na 3ª saída"
Eu - "Ó pá, Aljustrel é para o outro lado, estamos a dar uma granda volta"
Ele - "pois é, pronto, já está Aljezur"
GPS - "volte para trás assim que possível" - no visor: mais 2 horas de viagem

Sábado na praia:
Eu - "e vamos estrear a tendinha de praia, passamos aqui o dia e dormimos lá dentro na hora de calor"
...2 horas mais tarde...
Ele - "hum...acho que hoje não vai haver calor"
Eu - "pois, isto está cada vez mais enublado"
Ele - "vamos mas é passear de carro"

Domingo não valia a pena ir à praia:
Ele - "olha aqui uma barragem tão fixe"
Eu - " e há pessoas a tomar banho"
...depois da banhoca...
Eu - "já reparaste nestes bichinhos que estão agarrados aos pés?
Ele - "não..."
Eu - "parecem micro-sanguessugas"
Ele - "bah, sanguessugas o quê? não há disso em Portugal"
Eu - "mas estão agarrados pela cabeça"
Ele - "quero ir para casa, estou cheio de comichões"

Bom...de resto nem tudo foi mau, tambem houve invertebrados bem vindos:
E mesmo sem sol, trabalhámos para o bronze: