domingo, 28 de setembro de 2008

Cacei um rato

A metade do preço, até cacei dois...

Está aprovado pelo utilizador final!

quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Euribor 2 - MJ 1

Numa altura em que não se consegue ligar a televisão sem ouvir a "inesperada" notícia de que a Euribor atingiu mais um máximo histórico, dei a volta a todos os meus porquinhos mealheiros e:
Toma lá morangos Euribor!

Liquidei o empréstimo do carro, a 3 anos e meio do seu fim, visto que por este andar quando acabasse de o pagar, tinha de facto comprado um BMW topo de gama, mas por fora parecia mesmo um SEAT, que engraçado!

Sinto-me mais leve, é uma alegria imensa, menos um encargo por mês. Têm de experimentar, é de facto refrescante!

O outro lado da moeda é que ainda tenho o empréstimo da casa, brutalmente maior, nem que eu arranjasse uma vara de porquinhos conseguia abatê-la... E fiquei sem porquinhos nenhuns, o que quer dizer que a vida tem de me correr muito bem durante muito tempo, sem despesas extra, sem multas, sem avarias, uma vida cor de rosa portanto! Será pedir muito?

Ou então se alguem conhecer um porquinho que trabalhe na Santa Casa...

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

Bananas

A semana passada foi intensa. Foi de tal maneira que tentei vezes sem conta iniciar posts para vos contar das minhas angústias, mas sem sucesso tal alucinante era o desencadear de ideias e emoções que me assaltavam todos os dias a todas as horas.
Quando estava quase pronta a descrever o que se passava, eis que sucedia mais algo me fazia mudar de ideias ou de opinião.
Imaginem uma idiota no meio de um campo de batalha, de braços abertos e grande sorriso, a dizer "vamos todos ser amigos, tudo se há-de resolver!", enquanto voam balas e mísseis por todos os lados...foi isso que aconteceu aqui!
Estou a falar de trabalho, foi a semana em que mais tive de apelar à minha simpatia e paciência e houve mesmo um dia em que me esqueci de a trazer...e um electricista foi abatido em combate!
Estou sempre a queixar-me de ser uma "banana" mas, como nos filmes, todos os personagens têm algo a dar para o desfecho final e agora começo a achar que tambem é importante haver bananas! Em certas situações é importante ser maleável...
Penso que, e esta é a consideração final deste post, qualquer outra fruta teria explodido numa semana como esta, e depois era uma porcaria...sementes e cascas por todo o lado!

quinta-feira, 18 de setembro de 2008

Estou indecisa


Não sei que título dar a esta foto...
a) "Comprei uma aljava nova!"
b) "Sim, é uma ACE. Sim, é um pitbull. Sim, a flecha está inteira."
c) "Já arranjei quem me traga as flechas."
d) "Grupo II" (esta é mesmo só para os cromos da caça)

sexta-feira, 12 de setembro de 2008

Semana Cinéfila

Numa onda de geek cinéfila, assim de repente, vi dois filmes a meio da semana.

Quarta feira: Viagem ao Centro da Terra em 3D

Sim, é um filme para putos cheio de banhadas, mas eu tinha de experimentar a nova tecnologia 3D.
Já não há óculos com uma lente de cada cor, que nos fazem doer a cabeça ao fim de meia hora. Os novos óculos, para alem de serem confortáveis à vista, dão até um certo ar intelectual:

Dois intelectuais a ver um filme com argumento de Júlio Verne...coisa séria.


Quinta-feira: Mamma Mia

E então? Já não se pode gostar de ABBA?

Levei a minha mãezinha, já que o Homem-Que-Não-Assina e o Sr. João disseram: "Isso é filme de meninas!".

Todas as músicas eram mais que conhecidas, muito bem escolhidas e a certa altura ficamos na dúvida se foi o filme que foi feito para as músicas ou as músicas que foram feitas para o filme, de tão bem que se adequam as letras às situações.
É tambem uma excelente forma de conhecer melhor a obra dos ABBA, nunca tinha prestado realmente atenção às letras, que fazem mais que sentido. Recomendo e digo já que vou comprar o DVD, porque se o filme é assim, faço ideia a lista de extras da edição DVD.

Há no entanto uma advertência, as pessoas mais sensíveis são capazes de jamais esquecer a imagem do ex-007 vestido de calças à boca de sino brilhantes, decote até ao umbigo e botas de tacão alto...

terça-feira, 9 de setembro de 2008

Os dias comuns

Até aqui todos os dias eram bons, todos os dias eram especiais, até sabia bem trabalhar.
De repente os dias passaram a ser chatos, compridos e sem nada de especial.
Não conseguia perceber porquê, o trabalho era o mesmo, as pessoas praticamente tambem, variando nos prestadores pontuais.
Até que me lembrei de algo que já disse há alguns posts atrás: "gosto mais de trabalhar na companhia de amigos". Foi isso mesmo que aconteceu, descobri um amigo....quando ele se foi embora.
Que coisa esta de só dar valor quando algo desaparece, de só homenagear os mortos, de só se dizer "isso é que eram tempos!". Porque não dizer "isto é que são tempos, aproveitar os vivos e os presentes e homenageá-los enquanto nos ouvem?
Este síndroma de portuguesisse é uma treta, raios parta mais à saudade, de que me serve a saudade e de que me serve descobrir um amigo quando já não o tenho por perto?
É algo inato, nunca damos a devida importância ao que nos rodeia, só quando desaparece.
Resta-me valorizar os amigos que me vão visitando por aqui...obrigado pelas visitas, sabem-me muito bem!

segunda-feira, 8 de setembro de 2008

9 anos de azar

Dizem que os gatos pretos dão azar e por isso hoje faz 9 anos que sou azarenta.

Aqui está ela, junto aos seus amigos (ou não...)

Parabéns Niki, se não fosses medricas gostava tão mais de ti...

sexta-feira, 5 de setembro de 2008

A prenda ideal

Qual é prenda qual é ela, ideal para quem tem ordens do médico de manter o cotovelo direito em repouso?
Uma Wii!... depois de tanto pedir uma a todos os santinhos, lá está ela, em casa, à espera das melhoras do cotovelo...dá Deus nozes a quem não tem dentes!

quinta-feira, 4 de setembro de 2008

30 nada, ía sendo um 31!

Hoje o Moi Même (primo do C'est Moi) faz anos!
Um numero redondinho que faz a minha mãe lembrar-se que há 30 anos comeu uma grande sardinhada...e eu pensei: "Isto para mim chega, ou eu ou as sardinhas!"
Ontem o meu chefe disse-me para aproveitar os 29 até ao fim, ir gozar a noite, aproveitar enquanto estava nos "vintes", e vai daí, eu que sou muito bem mandada, lá obedeci.
Não posso dizer que a noite não tenha sido emocionante, de facto fartei-me de ver luzes e muita gente, mas não era uma disco...
Quando ía a subir as escadas para ir vestir qualquer coisa para sair à noite, tropecei, bati na parede coberta de pedra e eis que o meu cotovelo fica com um osso num sitio novo.
Depois de muitos gritos porque o raio do gelo nunca mais vinha ter comigo, lá fui para o centro de saúde de Mafra.
Após Raio-X, conversas entre médicos, e nenhuma conclusão, aí vou eu para o hospital de Torres Vedras.
Resumindo, não faço ideia o que aconteceu, diz que não é fractura, é só uma micro-fissura, não há nada a fazer senão tomar analgésicos e anti-inflamatórios e as palavras finais do médico: "vai doer muito durante muito tempo, mas passa..."
Bom...que posso eu dizer mais? Tinha tanto mais para vos dizer, mas não vos quero maçar e alem disso escrever no teclado dói.
A primeira pessoa a dar-me os parabéns foi um enfermeiro, que grande entrada nos 30!

quarta-feira, 3 de setembro de 2008

A ver vamos...

Isto vai parecer-vos completamente insensível, mas o facto é que achei uma certa graça a uma situação que presenciei ontem e vou partilhar convosco:

Estava eu num famoso supermercado começado e acabado em L, com as letras ID no meio, quando um casal passa por mim para ir perguntar algo sobre o preço de um produto a uma assistente.
Normalmente eu não teria reparado nisto, não fosse o facto de o homem do casal ser invisual e no seu caminho ter tocado com a bengala em todos os obstáculos incluindo o meu tornozelo.
Ora, eles lá perguntam algo à assistente, ela responde, e o casal vira-se de novo em direcção às prateleiras a dizer:

Ela - Ah bom!
Ele - 'Tava a ver...

Sou só eu que vejo a ironia disto?