quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Cada vez melhor...

O que vale é que chega hoje o meu "riscas" para eu ver chover mais confortável.

"Pode pôr aí virado para a janela, se faz favor! Está bom, obrigado!"

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

S. Pedro é um menino!

Hoje estive lá fora a inventar assunto com o encarregado das obras tão somente porque me estava a saber bem estar ao sol. Estava até a pensar no próximo fim de semana, que não tenho prova, e que seria bom para ir passear, quem sabe até ao Alentejo...

Quando não consegui inventar mais assuntos, voltei para o gabinete, abri o iGoogle e eis a decepção:Com todo este desprezo pelos fins de semana, chego à conclusão que S. Pedro nunca trabalhou na vida.

terça-feira, 18 de novembro de 2008

O Natal é quando uma sala quiser!

Ó pra ele tão lindo! E quase quase a ser meu!

Promessas e linhas

Quando eu era pequena jurei a mim mesma nunca crescer. Nunca crescer no sentido de nunca ficar igual aos adultos que via, sempre a prometerem coisas que nunca fariam, a sorrir a pessoas que detestavam ou a ajudar pessoas que não mereciam.

Mais de vinte anos depois, compreendo que os adultos fazem muito mais sacrifícios e mentem muito mais do que eu pensava, sendo ainda mais importante que eu mantenha firme a minha promessa.

Mas dou por mim em situações dúbias, supostos "amigos" fazem algo por mim, e a certa altura chega a minha vez de fazer algo por eles, e apesar de acreditar com o todo o meu ser que não o merecem, faço-o por lealdade e agradecimento.

Como se não bastasse a minha consciência ficar a remoer nisso, vem depois quem me conhece perguntar: "Mas porque fizeste tu favores a esses gajos?" e lá tenho eu de fazer de adulto e responder: "Porque já me apoiaram a mim e no futuro vou precisar deles!"

As rugas e cabelos brancos que ganhamos com a idade são na verdade as linhas que vamos eliminando ao longo do caminho...a linha entre os bons e os maus, a linha entre as boas acções e as acções com interesse, a linha entre o certo e o errado, a linha entre o branco e o preto...até ao ponto em que tudo é cinzento, mais ou menos, assim assim, depende...
A solução para a juventude eterna é de facto agir como uma criança, castigar os maus e os bons são felizes para sempre. Vou continuar a acreditar que consigo!

segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Já chegámos?

Apostas

Dizia hoje o meu horóscopo:
"Poderá hoje atingir a estabilidade material que tanto deseja, é um dia propício para ganhos extras. Arrisque, pois quem não arrisca não petisca."
Vai daí comprei uma raspadinha!









Ganhei 1€, que dá para comprar outra...finalmente a estabilidade material que eu tanto desejava, poder comprar raspadinhas de borla!

Ainda sobre a gripe

Não querendo com este post dizer que sou muito boa pessoa, tenho ainda mais algumas considerações a tecer sobre a gripe.
O facto é que já há mais de uma semana que esta praga não me larga, tendo eu já infestado tudo quanto é boa pessoa à minha volta.
No entanto, há uns 2 ou 3, curiosamente os que não prestam, que se mantêm sãos que nem pêros. Há ainda outros, sobre os quais ainda não tinha chegado a nenhuma conclusão, mas que vendo agora a sua resistência ao virus, a minha opinião começa a tender para o lado negro...
A gripe é portanto um excelente identificador de carácter e apesar de ser um bichinho mau e ruim de matar, tem muito bom gosto e só ocupa habitats afáveis.

quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Ah bom! Estava a ver que não!

E cá está! Desta vez cheguei mesmo a pensar que me safava, a gripe já quase se foi, finalmente tive uma noite descansada mas quando acordei lá estava, a minha amiga de sempre, a falta de voz.
A sensação é tão familiar que nem preciso de tentar falar para saber, bastou acordar e ainda deitada na almofada, já sentia aquela ausência de algo na garganta, engolir em seco e parece que a saliva passa numa zona que não existe, que não é minha.
Fui passear os cães e tive a confirmação assim que tive de chamar a "...ria", ou pelo menos foi isso que ela ouviu...
Ainda estou naquele estado em que sai meia voz, aguardo o dia de amanhã para saber se vou dar uma grande alegria aos que me rodeiam, e presenteá-los com 3 ou 4 dias de silêncio.

Milagre de S. Martinho

Eram 17:30, eu dirigia-me para a sala do segurança, a maldizer-me por ter arranjado um trabalho às 16:50 que me ía fazer sair tarde.
Ao passar pelas cancelas da entrada, vejo um "objecto" no meio da estrada, mesmo a jeito de lhe passar um carro por cima. O "objecto" era do tamanho de um telemóvel, mas ao aproximar-me vi que tinha 4 patas e uma cabecinha.
O que raio faz uma tartaruga na entrada de uma fábrica? Terá falta de vista? Ou foi S. Martinho que resolveu fazer uma aparição em forma de réptil?
O lago que está na entrada não tem condições de alojar seres vivos, aquilo nem se pode chamar água, é uma mistela de algas castanhas com poeira dos camiões que passam.
As casas mais próximas estão a 200m dali, seja de onde for, a tartaruga fartou-se de andar.
Chamei-lhe S. Martinho, está de momento a repousar num alguidar com uma ilha improvisada, na minha cozinha. Já lhe arranjei dono, entrego-a na sexta feira. Parece que a filha do dono lhe vai chamar Rafaela, o que é engraçado, porque a minha primeira tartaruga chamava-se Rafael.

Agradeço a S. Martinho, que me lembrou numa tarde fria de trabalho das coisas que nos aquecem por dentro:
- ajudar um animal perdido;
- ver pessoas inesperadas fazer festas na carapaça de uma tartaruga com ternura;
- assustar os colegas de gabinete com um bicho no teclado;
- dizer "Olha! Vou levar uma surpresa para casa, que achei aqui na fábrica!" e ouvir "O quê? um brasileiro?" e rir até ter um ataque de tosse;
Enfim...foi dos melhores dias de S. Martinho que me lembro, apesar da chuva, do frio e da gripe.

terça-feira, 11 de novembro de 2008

Alguns factos sobre gripe

Facto nº 1 - nunca é suficientemente forte para não poder vir trabalhar;
Facto nº 2 - a falta de ar não permite ralhar com os homens das obras em condições;
Facto nº 3 - os ataques de tosse acontecem sempre nas reuniões;
Facto nº 4 - nunca se consegue pegar às pessoas que estão mesmo a pedi-las, só pega às pessoas simpáticas;
Facto nº 5 - quanto menos podemos falar, mais toca o telefone;

sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Planos Futuros

Ocorreu-me hoje que não devia ter comprado uma casa com escadas, porque quando acabar de a pagar já não vou ser capaz de as subir...

quinta-feira, 6 de novembro de 2008

O emprego dos 1000€

A lista de requisitos para este emprego, além de dizer que era necessário perceber de tudo um pouco, desde construção civil a configuração de vídeoprojectores, incluía o seguinte campo:
"Ausência de irritabilidade e boas relações pessoais"

Como achei que estava qualificada, concorri, e na primeira entrevista informaram-me que o salário base seria de 1000€, ao que eu respondi: "Obrigado e bom dia!"

Semanas depois voltam a chamar-me, já com uma proposta mais decente, que resolvi aceitar, pensando ingenuamente que de facto iria ser uma vida santa, com um salário confortável num emprego com poucas preocupações. Afinal o que raio poderia haver para fazer, numa instalação que já funcionava há 7 anos no mesmo local?

Fiquei no entanto curiosa quanto ao tal campo da lista de requisitos...

Semanas como esta (que já aconteceram antes), em que não consigo sequer explicar o que se está a passar aqui, fazem-me pensar no valor que aceitei...e queriam eles dar 1000€ !

De facto o tal requisito é o mais importante de todos, mais ainda do que perceber tecnicamente o que se está a passar, é importante manter a calma no meio de 400 selvagens lunáticos egocêntricos, para conseguir então pensar na solução técnica correcta.

Num espaço menor que um ano volto a pensar que ganho pouco e volto a pensar em alternativas.

Conclusão: a vida é um carrossel, umas vezes para cima, outras vezes para baixo, tentanto evitar os elefantes, girafas e restantes bestas pelo caminho.

domingo, 2 de novembro de 2008

Tempos de Crise

Dado que ir ao salão erótico era um bocado caro, fui ao LIDL:

Pêra de Abate - 1,09€ / Kg

Grandezas


Alguém sabe quanto é um mililitro de tecido?