domingo, 14 de fevereiro de 2010

Vamos a isso Valentins

Bem sei que muitos acham que isto do Dia dos Namorados são americanices, que só servem para alimentar o consumismo.
Mas a verdade é que no mundo apressado cheio de horários apertados em que vivemos, começa de facto a ser importante ter datas específicas para celebrar os valores mais básicos, sob o risco de os esquecermos durante anos a fio, até ao ponto em que, por exemplo, já não conhecemos metade dos convidados do casamento de um familiar próximo.
A família no Natal e na Páscoa, a amizade nos dias de aniversário, a alegria e a traquinice no Carnaval e no Halloween, o amor no Dia de S. Valentim, são valores com datas marcadas, que se devem aproveitar, nem que seja porque são mais um motivo para festejar.

Hoje é portanto o dia certo para reflectir sobre o amor, o que temos, o que damos, o que gostávamos de ter e o que queremos dar. E reflectir não é encontrar razões nem porquês, é apenas apreciar o momento e, mais ou menos lamechas, conforme os gostos, é aproveitar a companhia de alguém e mostrar o que se sente.

Por isso, a todos vós, desejo um excelente Dia de S. Valentim, mesmo aos "encalhados", que este seja o dia em que não vos sobre nada por mostrar. ;)

Sem comentários: