sexta-feira, 22 de outubro de 2010

De novo a perder o pio

Irritam-me as pessoas que não conseguem perceber porque continuo a vir trabalhar com gripe.

Irritam-me as pessoas que me perguntam "Então mas não estás a tomar nada?", quando a resposta é obviamente que "SIM!". Lá porque não sou vista a emborcar fármacos a toda a hora não quer dizer que não me cuide.

Irritam-me as pessoas que ao perceber que estou sem voz, começam a despejar mesinhas caseiras, Chá de Cebola, Mel, Bagaço e tudo o mais, já eu as conheço todas e NENHUMA FUNCIONA!

Irritam-me as pessoas que não conseguem compreender que cada um é como é. Não somos todos iguais e ainda bem. Só tenho pena que uma das minhas desigualdades seja esta de ficar sem voz cada vez que me constipo. Que nervos!!!

1 comentário:

Afonso Loureiro disse...

Há uma mezinha que deves desconhecer, mas que partilho contigo.

Sempre que alguém te vier com a conversa do costume, aperta-lhes o gasganete até mudarem de cor. Vais continuar sem voz, mas deixas de ouvir sugestões parvas.

Comentário com o patrocínio do Perguntas Parvas