sexta-feira, 16 de julho de 2010

E agora?

Sou uma fã de máquinas, e máquinas antigas então nem se fala.
expliquei aqui a minha grande alegria quando recebi a minha "nova" máquina de costura. Coitadinha, com mais de 60 anos, tem trabalhado bastante e já se esperava que mais dia, menos dia, me pedisse descanso.
O que me faz ser fã destas "velharias" é o facto de serem mecânica pura, são apenas peças, engrenagens e parafusos, sem a confusão da electrónica pelo meio, que só atrapalha e avaria.
Pois a minha Borletti avariou exactamente no único elemento eléctrónico que tem, o pedal com o reóstato.
Não é grande drama, sem este condensador funciona na mesma, mas perdi um pouco a suavidade no controlo da velocidade. Seria até fácil de substituir por outro condensador, não fosse o facto de este ter queimado exactamente no sítio onde está escrita a capacidade e no manual ensinar a desmontar e manter a máquina toda, à excepção do pedal.

1 comentário:

Rafeiro Perfumado disse...

Eu seria incapaz de meter o pé numa máquina que tivesse um reóstato!