sábado, 17 de julho de 2010

O secador do demo


Apesar de adorar ir à lavagem automática, e ficar lá dentro a ver os vidros serem fustigados pelos rolos gigantes, sempre odiei a parte que vem a seguir, da secagem.
Nunca confiei nestes secadores, e fico sempre à espera do dia em que o sensor vai avariar e aquela barra me vai entrar pelo carro adentro.
Quando estou dentro do carro até encolho involuntariamente os dedos dos pés, enquanto o secador avança em direcção ao vidro e sobe apenas no último instante, deixando-me em suspense, quase ao nível de um filme de terror. Queridos e fofinhos rolos de fitas fustigantes, voltem, estão perdoados!

Desta vez era obrigatório ficar fora do carro, o que mais uma vez me deixou a pensar o que raio já aconteceu ali para terem imposto essa regra...

Sem comentários: