quinta-feira, 21 de maio de 2009

O Phelps que abra a pestana!

Quando comecei tinha muitas dúvidas. Tanto em relação à minha motivação como à minha competência. As primeiras aulas foram muito difíceis, fazia 600m com muito esforço e ficava como se me tivesse passado um comboio por cima.
Rapidamente compreendi que não nasci para nadar bruços, quando passava aulas e aulas a esforçar-me imenso mas por mais que me aplicasse continuava a olhar para o mesmo azulejo lá em baixo...
Aos poucos entranhou-se o gosto pela modalidade, aqueles 45 minutos de sofrimento tornaram-se em algo divertido que me deixava de rastos mas contente. 
Passei para 2 aulas por semana e até já consigo nadar bruços como as pessoas normais! (ok...como as pessoas normais e arraçadas de caracol...)
Faço agora entre 800m a 1km por aula, nas calmas, porque estamos a melhorar a técnica, não a resistência. Mas já houve uma aulinha de 1050m, para abrir o pulmão.
O professor anunciou que vamos aprender mariposa para o mês que vem, estou em pulgas, mal posso esperar!

Sem comentários: