quinta-feira, 21 de maio de 2009

Mensagem Subliminar

O passaroco que salvei na terça feira ainda vive na minha varanda.
Pensei que na terça à tarde, quando chegasse a casa, já ele teria voado para a vidinha dele, mas não, lá estava feliz e contente a passear na varanda, sempre guardado por um adulto.
O instinto dos animais deixa-me sempre espantada. Quando andei a caçá-lo no quintal houve sempre um pardal adulto aos berros de volta de mim como quem diz "Larga-o! Larga-o! Vai-te embora!".
Agora que ele está na varanda, há sempre pelo menos um adulto por perto, a vigiar o pequenote, penso até que lhe levam comida, pois pus lá água e comida, mas esta parece não ter sido tocada.
Na terça à noite, visto que o bicho ainda lá estava, improvisei um ninho, e quando ele já estava a dormitar, meti-o lá dentro, para que sobrevivesse ao frio da noite. Ontem repeti a operação, dado que por iniciativa propria ele nao escolhe o ninho para dormir, embora seja garantidamente mais quente que o cantinho da janela que ele escolheu.
Aguardo que ele aprenda a voar, mas se calhar já se acomodou à vida na varanda, tem cama, comida e roupa lavada, para quê voar? 
Se calhar esta noite, quando o for meter no ninho, vou meter lá um "phone" do mp3 a tocar o "I believe I can fly" para ele ouvir enquanto dorme, assim estilo mensagem subliminar...

3 comentários:

SS disse...

Acho que um passarinho fica óptimo na decoração da tua varanda. Por isso sugiro que coloques no MP3 a música "A Minha Casinha".

Tozé disse...

Eles sabem quem os trata bem :-). Será que é como a Toyota? Veio para ficar?

al disse...

habitua-os e depois queixa-te que "certas particulas" custam a limpar!!!