terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Coelhinho à Caçadorzinho com Purezinho de Batatinha e Arrozinho Malandrinho

Fui ontem a um restaurante alternativo, daqueles a que só vamos quando o habitual está fechado. A comida sim senhor, ficou aprovada, mas o senhor que nos atendeu à mesa, que suponho seja o dono, é daquelas pessoas que gosta de dar ênfase aos pratos, falando deles em diminutivo. Ou seja, ao ler-nos a ementa dos pratos do dia (escrita normalmente), propôs-nos o seguinte:

- Pernilzinho de Porco com Purezinho de Batata;
- Coelhinho à Caçador;
- Pataniscazinhas de Bacalhau com Arrozinho;
- Peixinho Espada frito;

Eu escolhi as pataniscazinhas, seguidas de uma moussezinha de chocolate, para a qual recusei a Macieirazinha. Para terminar aceitei um cafézinho e claro, não podia faltar, a continha.

Fico sempre a pensar se estas pessoas fazem isto para serem simpáticas, para fazerem o prato soar mais apetitoso ou para desculpar o parco tamanho da dose.

4 comentários:

Afonso Loureiro disse...

E a continha, era continha mesmo, ou era uma fractura exposta disfarçada em pele de cordeiro?

Pirralha disse...

Não faço ideia, não fui eu que paguei! É assim nos almoços de negociozinhos...

Hugo disse...

Ao ler este post, lembrei-me imediatamente deste vídeo dos Gato Fedorento: http://www.youtube.com/watch?v=6SqDkc5qXDs

Rafeiro Perfumado disse...

:)

Ainda bem que não sou o único a ter estes ódios de estimação!