terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Bico de Papagaio II - O regresso

Parece-vos familiar?


Mas esta não é do Lucas, é do Nero!
De todas as coisas que eu esperava encontrar numa radiografia do Nero, desde brinquedos, ferramentas, o equipamento do Sporting ou mesmo, quem sabe, a desaparecida Godzilla, um bico-de-papagaio era a última que me vinha à cabeça num cão tão jovem.
Mas ao que parece os cães de grande porte têm tendência para instabilidade nesta zona, o que causa o desalinhamento e por consequência o bico-de-papagaio. No caso do Lucas é por velhice, no caso do Nero é genético.
Iniciei portanto um clube privado lá em casa, muito selecto: Clube dos Bichos com Bico de Papagaio na Base da Cauda. Os membros usufruem de diversas vantagens como, por exemplo, visitas frequentes ao veterinário e fornecimento vitalício de anti-inflamatório.
A minha mãe disse que também queria entrar que também tem um nas costas, mas a regra é simples, tem de ser na base da cauda e logo para começar ela não tem uma, portanto está fora!

Sem comentários: