quinta-feira, 4 de março de 2010

Scuba Ciro

Eu tinha a rotina de dar comida 1 vez por dia, a tarde, e o desaparecimento dos peixes mais pequenos era sempre nocturno. Depois de ler alguns artigos e falar com entendidos, concluí que parte do problema era fome, a outra parte era o instinto natural de caçar.

Sendo assim, instalei um alimentador automático, regulado para 2 vezes por dia, sendo a 2ª vez agendada para 1 hora antes da hora de apagar as luzes. Assim vão dormir de barriguinha cheia e deixam-me os neons (e os cardinais) em paz...
Tem resultado bem, e mais informo que não gastei 40 ou 50 euros num alimentador, como se vendem por aí. Comprei 2 por 30€, num site chinês, e funcionam excelentemente. Já me posso dedicar a formar os cardumes que queria. Para já tenho 7 neons, 8 cardinais e 2 machadinhas.

Agora vem a verdadeira historia deste post.
Como tenho 3 gatos achei uma boa ideia ter um aquário com tampa. Mas para instalar o alimentador tinha de fazer uma abertura na tampa ou deixá-la semi-aberta.
O que fiz foi desencaixar a tampa e pousá-la um pouco mais ao lado, deixando uma fresta para a saída do alimentador. Uma situação completamente estável, não fosse a mania que o Ciro tem de se deitar em cima do aquário...
Ontem quando cheguei a casa, a dita tampa estava dentro do aquário e o Ciro tinha as patas da frente ainda molhadas...imaginam a cena?

Só tenho pena de não ter lá estado para ver. Acho que ainda me estava a rir agora...
Nos anos ofereço-lhe um escafandro!

1 comentário:

al disse...

quanto daria eu para ter podido assistir a essa cena ao vivo e a cores? a avaliar pelas dores musculares causadas pelo ataque de riso que tive ao ler o post... Grande Cirocas és mesmo um imperador!