terça-feira, 2 de março de 2010

O almoço é onde um homem quiser

E quando penso que finalmente sei onde anda o meu pai:

Eu - Estou?
Pai - Sim, estou.... então está tudo bem?
Eu - Sim, tudo bem. Que numero esquisito é este?
Pai - É do Congo.
Eu - Congo??? Que estás aí a fazer?
Pai - A almoçar!
Eu - Ah! Pronto! Então está bem!

2 comentários:

Afonso Loureiro disse...

Já uma vez fui beber um café a Londres ou atravessei meia Espanha para ir ver um casalinho ainda a cheirar a tomate...

Pirralha disse...

Xiii, ainda consigo sentir o cheiro do tomate...e de vez em quando ainda me sai uma grainha dos ouvidos!