sábado, 20 de março de 2010

Como reconhecer um pobre

Durante alguns dias o Homem-Que-Não-Assina teve direito a andar num Audi A4 2.0 TDi.
A primeira vez que entrei no carro, o som do bater da porta foi tão abafado que a voltei a abrir e fechar 3 vezes, cada vez com mais força, mas o som continuava a parecer-me demasiado baixo para ter fechado.

O HQNA ria-se com ar condescendente: "Já está fechado! É mesmo assim..."

Sou tão pobre!


Sem comentários: