segunda-feira, 26 de abril de 2010

Eu apoio o mamamoto!

Hoje é dia de Mamamoto! Ou BoobQuake, em inglês.

Já há imensas referências a isto por essa net fora, mas a ideia é hoje todas as mulheres vestirem a roupa mais indecente que possuirem, o decote mais vincado, a saia mais curta, a roupa mais apertada, tudo o que possa mostrar o mais possível o corpo. Tudo para quê? Para tentar provar (ou não) a teoria do ayatollah Kazem Sedighi de que a causa dos crescentes desastres naturais que ocorrem pelo mundo fora é a forma como as mulheres se vestem.

A ideia do mamamoto foi lançada por uma estudante de física, afirmando que se esta teoria é de facto verdadeira, "o poder combinado dos nossos corpos será capaz de produzir um terramoto".

Portanto, mulheres leitoras deste blog, toca já a abrir um botãozinho da camisa, a subir a saia acima do joelho, e agarrem-se, que isto vai abanar tudo!

Eu a pensar que era amanhã, deixei escapar a oportunidade de participar, mas ainda vou a tempo, assim que chegar a casa vou já vestir a coisinha mais sexy que encontrar. O Homem-Que-Não-Assina, nada dado a manifestações e "agrupamentos", de certo que fará uma excepção para apoiar esta causa.

1 comentário: