quarta-feira, 17 de julho de 2013

A sorte e o azar existem mas o futuro ainda não

Insistimos nessa história de não termos sorte porque temos o resto. Porque quando temos sorte é porque sim mas quando temos azar queremos à força encontrar uma razão, um culpado, um propósito.

Sabes que não acredito no destino, acho que quem o faz somos nós. Fazer o futuro e continuar a dormir bem à noite, foi uma opção que fizémos. Não me arrependo.

Só acho que temos de deixar de perseguir culpados pelo azar, as coisas acontecem, já sabemos que o mundo não é sítio justo e não o podemos mudar sozinhos.

Aceitar as consequências de um azar não é fraqueza, é o primeiro passo para o superar.

Sem comentários: