quinta-feira, 4 de julho de 2013

A melga da blogger

Isto de ser blogger não é fácil. Entranha-se de tal forma no nosso dia-a-dia, que estranha-se por quem não sabe o que isso é.
E daí, lá vêm as perguntas: "Estás a tirar fotos a isso para quê?", "Então mas estás a tirar fotos aos putos de costas, que graça é que isso tem?", e por aí fora...
São inúmeras as situações diárias que me apetece comentar, mas a maior parte fica em águas de bacalhau, por esquecimento, por falta de tempo, porque não consegui tirar uma foto e só o texto fica feio, sei lá, porque a notícia sou eu e não há maneira de a contar sem revelar factos que não quero, muitas razões.

Desta vez, queria mostrar as pinturas da minha casa, mas pedir aos ajudantes para me tirar uma foto lá em cima ía ter a resposta do costume, "para quê?", e tirar a mim própria é complicado em cima de uma escada que por sua vez está em cima de um telhado. Vai daí, ficou o meu paizinho a servir de manequim na ilustração das minhas férias de Verão.


2 comentários:

Afonso Loureiro disse...

Blogger feita capitalista empedernida a explorar o proletariado, neste caso o próprio pai. Ainda por cima para publicitar o privilégio burguês das férias.

Boas pinturas!

Anónimo disse...

é caso para dizer..."pai sofre"!!!!