quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Micro-sapos

Eu ía hoje publicar uma BD sobre a praia, mas não me parece adequado ao ambiente lá fora....
Sendo assim, faço um post sobre chuva.

Sempre que chove a cântaros ocorre um fenómeno da Natureza na minha terra. Todos os sapos saem das suas tocas (que ficam alagadas, julgo eu) e toca de procurar um sítio melhor e menos "húmido", sítio esse que acham muitas vezes ser o meu quintal.

Nesta altura do ano os ditos sapos são ainda micro-sapos, mas independentemente do tamanho, é comum salvarmos alguns das garras de "Maria, o Terror dos Escaravelhos (ou algo que se pareça com um)". Ontem à noite salvei três, esta manhã salvei mais este.

Nem todos os sapos recorrem ao meu quintal. Há também os que acham que o sítio melhor está do outro lado da estrada e toca de atravessar e parar para ver o mapa no meio, o que tornou célebre a frase "Cuidado com os sapos!" nas viagens que fazemos à chuva.

3 comentários:

al disse...

não os sapos com a humidade saem do ovo assim como as tartaruguinhas pequeninas e vão a correr conhecer o mundo e depois... há uma maria "papona" e pronto acaba a geração sapónica!

Mr Goldfish disse...

ribbit, ribbit...

Hugo S. disse...

Um video perfeito para ilustrar este post: http://www.youtube.com/watch?v=Fm4Eiq9lhO4