terça-feira, 13 de setembro de 2011

Ah Ganda Lucas !!!

Quem me segue no blog talvez tenha só uma ideia disto, mas quem me segue pessoalmente sabe que as ultimas semanas não têm sido fáceis para mim, e possivelmente sabe isso até melhor que eu.

O Homem-Que-Não-Assina disse-me que esta história toda do Lucas me afecta mais do que eu penso. Ele lá saberá, que está a ver de fora, mas hoje dei-lhe razão, porque sinto-me com menos 10 kg que ontem, de repente já me apetece trabalhar e agir, e muito. Já me apetece fazer todas as tarefas que tenho adiadas. E só a ideia de me alapar no sofá sem fazer nada faz-me cócegas.

Esta piadola dos 10 kg até nem é descabida, pois tenho de facto menos 16Kg que há exactamente um ano atrás. Sim, a sério, mas depois falamos disso. Voltemos ao Lucas. A perda de "peso" de que falo foi desde ontem à tarde.

 Eu não vos saturei com dados clínicos e relatos de internamentos, mas o facto é que o meu velhote esteve mesmo muito mal nas ultimas semanas. Sem muitos pormenores, vários factores resultaram numa anemia muito grave, 10% de glóbulos vermelhos no sangue, e a idade a não ajudar.

Fez-me pensar que tinha chegado o fim, fez-me chorar a sério, fez-me gastar o equivalente a uma mobília de quarto de casal (da Cerne não, mas vá, uma das melhorzitas do IKEA) e fez-me definhar sem vontade de fazer absolutamente nada, enquanto esperava dia após dia que ele tivesse vontade de comer, que voltasse a ter o nariz cor de rosa, que voltasse a olhar para mim com o seu ar esperto.

Arriscámos uma transfusão, "para lhe dar tempo"-  frase que me desfez - "de reagir aos medicamentos", e esperámos. Arriscámos bem, o nível de glóbulos subiu para 18%, ele ganhou forças, voltou para casa a tempo de festejar os anos da Niki, e ficámos à espera de saber quanto tempo tínhamos ganho. Apenas isto, nada mais a esperar.

Mais uns dias, ainda 18%, bom sinal. "Está-se a aguentar bem." - disse o médico. Chamou-lhe "O Resistente". Já o conhece de outras "crises".

Mais outra semana, ontem, o nível a 20%, e o médico sem palavras, tão espantado quanto nós, não nos soube explicar como é possível, mas o facto é que o Lucas não está apenas a aguentar-se, está a recuperar, está a produzir glóbulos vermelhos. Ele não ganhou só tempo, ganhou mais uma vida. E de repente, não sei porquê, tenho vontade de trabalhar, de treinar, de escrever no blog. O Homem-Que-Não-Assina tinha razão, mas que raio, tem sempre...

AH GANDA LUCAS! Não mereces uma mobília de quarto, mereces um IKEA inteiro! Por falar nisso, lembram-se disto?

Sem comentários: