segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Sensibilidade


Um visitante entra em minha casa, o Lucas espera-o sentado no tapete da sala.

- Então Lucas, ainda és vivo?

Depois vira-se para mim: "Este gato dura que se farta!"

E eu respondo com um tímido "É..."


Fica a mensagem, para quem tem a mania de desbloquear conversas comigo com um "Então o Lucas, ainda é vivo?". Já pensaram no dia em que a resposta for não? Arranjem outro desbloqueador ou então uma pá para irem cavando o buraco em que vos vai apetecer meter nessa altura.

E sim, está vivo e de boa saúde, obrigado. Mas prefiro que me perguntem como ele está. Parece menos mal...

2 comentários:

Luis Aleixo disse...

Desculpa lá mas se a pessoa viu o gato e reconhece-o, o desbloqueador de conversa "Ele ainda é vivo?" é perfeitamente aceitavel até porque ele sabe a resposta.

al disse...

Mas a abordagem podia mto bem ser mais simpatica do estilo: olha o Lucas todo bonito, ou olá Lucas estás bom? Sensibilidade e não só!