quinta-feira, 4 de novembro de 2010

O meu primeiro coelho

Vai para 3 anos que me desenrasco sozinha na cozinha. E parece impossível que com este tempo todo ainda não tenha experimentado cozinhar um coelho.

A estreia deu-se com a oferta de um coelho caseiro, que guardei no congelador algumas semanas enquanto me preparava mentalmente para não estragar tal iguaria, criada de forma biológica.

Lá me atrevi a deixá-lo repousar numa marinada com tudo o que me lembrei que devia ter.


E no dia seguinte, lá foi o bicho para o refogado, levando a seguir com o arroz e este é o aspecto final.
Diz quem comeu que sim senhor, estava bom. Eu cá também achei, mas da próxima ainda meto um tomate no refogado...

4 comentários:

Afonso Loureiro disse...

Mas que belo cadáver biológico. Com fotografias dignas de um "CSI - Coelhos à Solta Investigados".

al disse...

Uma Dica: ou usas vinho tinto ou bastante tomate e vais ver a diferença.

Anónimo disse...

He pá tem bom aspecto, mas eu na gosto de coelhos biologicos só mesmo daquelos da vitrine do talho.
Mas... do teu até pensaria em provar.
Quando quiseres mudar a ementa vem ca buscar um polvinho.
Lol...
Beijoca

Jaggas disse...

Caro Anónimo,
aceitaria de bom grado a oferta do polvo, não fosse o caso de não conseguir descortinar assim de repente indivíduos que vendam polvos, que me costumem mandar beijocas!
:)