terça-feira, 26 de abril de 2016

O que nos faz crescer

Ao longo da vida vamos encontrando pessoas que nos marcam, quer de forma positiva, quer de forma negativa, irritante, insuportável.

Não têm de ser necessariamente as pessoas com quem passamos mais tempo, ou que interagem connosco de forma mais forte. São simplesmente pessoas que nos obrigam a mudar, a adaptar, que nos ensinam a crescer.

Por quem tem máxima resistência à mudança, estas costumam ser pessoas detestadas, odiadas, e amaldiçoadas. Por quem está no meio termo, como eu, são odiadas em pequenas doses pontuais, mas ao longo do tempo e de uma forma geral, são apreciadas. Não só pela evolução e emoção imediata que nos provocam, mas também pelo nosso entendimento das potencialidades e capacidades que não sabíamos ter.

É difícil reconhecer estas pessoas, em especial durante o tempo que nos atormentam, e muitas vezes só nos apercebemos que foram elas a ensinar-nos a lidar com algo muito depois de já não as vermos, mas se por sorte (ou muita atenção) encontrarem uma a tempo, agradeçam-lhe.

Obrigado V.

Sem comentários: