sexta-feira, 14 de novembro de 2014

Às vezes esquece-me

Não se pode confiar nas pessoas que não confiam em ninguém

Sem comentários: