sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

É como ir ao dentista

Quando temos uma sessão com um qualquer especialista, seja ele dos dentes, dos ossos, da pele, etc., ficamos traumatizados durante algum tempo, dependendo da intensidade da sessão.

Visto que tive recentemente uma sessão com um nutricionista, apesar de ser coisa que eu nunca faria por auto-recriação, acabei por ficar "apanhadinha do clima" quando se fala de comida.

Embora me seja impossível fazer todas as refeições "como as pessoas normais", quando o faço escolho ter metade do prato com legumes e apenas um quarto do prato com a proteína. Dou preferência aos hidratos de carbono complexos, à fruta e por aí fora...


Metade do prato com couve roxa e maçã salteadas, um quarto de couscous com limão e coentros e um quarto com panado de frango. Sim, já sei, panado é frito e não está muito bem, mas vá, foi panado em azeite que é um insaturado. Aqui está um exemplo de um jantar de pessoa normal depois de uma visita ao nutricionista (sendo que as anormais comem uma bucha e tá a andar, mas em sendo uma bucha, agora é com pão de sementes!).

Sem comentários: