quarta-feira, 10 de agosto de 2011

A gruta

Nas profundezas da sala de estar da residência Que-Não-Assina, há uma gruta sombria onde habita um monstro escuro e misterioso do qual só se conseguem avistar os olhos grandes e redondos. Olhos que nos fitam como que dizendo "Não te aproximes estranho! Não te aproximes ou fugirei a sete pés!"

Sem comentários: