segunda-feira, 13 de julho de 2015

A geekness em mim

Numa era em que estou totalmente convertida ao e-reader, tanto que já nem me lembro a que cheiram os livros a sério (sim, também acho que o cheiro faz parte da experiência mas passa depressa quando percebemos que podemos levar uma biblioteca inteira em 6 polegadas), o que é que é coisa para me fazer pegar num livro a sério à primeira vista e não mais o largar que é o único da prateleira e ai mãezinha que isto existe mesmo?
O que é que é coisa para me fazer abandonar a minha recente lista de grandes obras literárias, ao estilo "100 livros que tenho de ler antes de morrer" para abraçar de imediato um romance que já sei de antemão que será fraquinho em termos de literatura mas rico em trocadilhos e frases chave e decidir já aqui e agora que estas férias o e-reader fica em casa?
Sim, um romance de ficção escrito por um escritor de ficção.  O "Heat Waves" de Richard Castle! O primeiro romance com as aventuras de Nikki Heat! Mais perfeito só se fosse a edição em inglês para apreciar em pleno os diálogos e trocadilhos.
Espero não ter feito uma cara demasiado obcecada quando vi o livro na estante da loja...e se os leitores forem tão leigos nesta área como os restantes clientes daquela loja, devem estar com a mesma cara de quem me viu agarrada ao livro.
Deixem-me colocar-vos em perspectiva:
É como encontrar à venda o canivete do MacGyver. Eu comprava!
É como ir ao supermercado e no corredor dos produtos anti pragas estar disponível uma mochila de protões (para a caça aos fantasmas... esta ofereço eu, escusam de googlar!). Eu comprava!
É como descobrir uma loja de animais onde de vendem Gremlin's! Ok, não comprava... mas percebem a ideia!

Sem comentários: