quarta-feira, 26 de outubro de 2011

BD Caseira XIX

(clicar para ver em tamanho original)

Escrita inteligente

Mas porque raio é que quando escrevo COBAIA o telemóvel teima em escrever AMACIADOR?

Repost Agri-Doce

Uma pessoa gosta de escrever e depois dá nisto, ontem era para escrever um post agri-doce sobre um assunto mas quando comecei a escrever saiu-me uma coisa profunda sobre a aprendizagem da vida. Pelo menos eu achei que era profundo...
Que mania a minha de escrever primeiro o título e depois o texto.
Bom, hoje, para armar ao pingarelho e dizer que sou muita boa nisto da literatura, já escrevi o título e vou escrever sobre o mesmo assunto, mas a bater certo com aquilo lá em cima. É todo um espectáculo de variedades este blog!

A ideia de ontem era falar de como pode ser cómica uma conversa sobre a morte, em especial quando esta se repete de 15 em 15 dias e nestas circunstâncias:

Vet - "Então como vai o Lucas?"
Eu - "Vai muito bem, cheio de apetite, muito chato de volta de nós, muito activo!"

O veterinário olha para mim, com um ar incrédulo, como se eu estivesse a mentir ou a exagerar, e eu ía jurar que ele pensa "Coitadinha, ainda não caiu em si. Está em negação." e dou graças por ter levado o Homem-Que-Não-Assina comigo para que haja mais alguém naquela sala a dizer o mesmo, para provar que eu não estou maluca. Invariavelmente, depois do meu discurso, o veterinário olha para o HQNA em busca de palavras mais sensatas.

HQNA - Sim, é verdade. Sobe para cima do balcão, anda debaixo dos nossos pés, até lhe pusemos um guizo...
Vet sorri confuso - "Esse gato vai mesmo contra as leis da medicina, vamos lá ver como estão as análises."

Aguardamos então os 10 minutos do costume pelas análises enquanto comentamos entre nós que o veterinário parece esperar sempre notícias piores.
Ele volta à sala com ar triste e anuncia "Os valores baixaram mais um bocadinho" (ou a variante "Os valores estão iguais") e em seguida relembra-nos que já passou há muito o limite dos valores normais e que com estes valores seria de esperar que ele já tivesse partido, iniciando então a conversa de quem prepara os donos para o pior.

Vet - ... continuar com a medicação e com o soro todos os dias, para lhe dar algum conforto, e...é aproveitar cada dia. Ele está a esgotar as reservas que ainda tem...e tudo isto não é muito bom para a qualidade de vida dele.

E aí eu deito por terra o argumento com um:

Eu - Ele não se importa! Àquela hora já sabe para o que vem, mas vem para o colo sozinho e durante os 10 minutos do soro até dorme.

Mais um olhar incrédulo do veterinário e mais um olhar para o Homem-Que-Não-Assina, que confirma.
A ironia aqui (e onde está o agri-doce da coisa - AHA! Viram?) é que temos uma "aula" de preparação para a partida do Lucas de 15 em 15 dias, mas os 14 dias de intervalo mostram-nos o contrário. Todos os dias nos surpreende com um dos seus actos de espertice aguda, com a sua teimosia, com a soberania sobre os outros 2 lá de casa, com tudo o que faz dele o gato especial que é.
Apesar de vermos que não consegue engordar, que os valores das análises são mesmo muito maus e a piorar, de ouvirmos o especialista a dizer que tudo indica o pior cenário a curto prazo, com termos como "fase terminal", "degenerativo" e "esgotar reservas", o que vemos todos os dias é um bicho feliz. E isso é que interessa!



A despedida é no mesmo tom:
Eu - Então até daqui a 15 dias.
Vet - Sim, se não acontecer algo entretanto.

Saimos do consultório com um misto de emoções. Tristeza por nos serem relembradas aquelas palavras pesadas, e uma pontinha de orgulho por termos surpreendido o veterinário mais uma vez com boas notícias. A conversa depois da consulta acaba sempre em risota, chegamos a duvidar se a máquina das análises não estará avariada e falamos com o Lucas como se fosse um super-herói. Um super-herói velhinho, que merece todo o carinho do mundo por todas as boas acções que praticou.

A propósito disso, está quase na altura de vestir a capa...

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Post Agri-Doce

Usamos e abusamos de palavras e chavões pela vida fora, mas só de vez em quando nos apercebemos realmente do valor de cada um(a). Muitas vezes se passa uma vida inteira dando uso a expressões que nunca se chegam a sentir na pele. E não há mal nenhum nisso, cada um tem as suas experiências e é isso que nos torna diferentes uns dos outros.

Este ano tem sido cansativo para mim, no sentido em que já aprendi o significado real de demasiadas palavras. Tive anos tão inúteis em aprendizagem, mas este está a ser realmente produtivo, talvez um pouco demais. Não sei se consigo reter tanto saber em tão pouco tempo.

Em mais uma visita ao veterinário, para acompanhar o estado do idoso lá de casa, deu-se uma conversa já habitual de 15 em 15 dias:
Vet - "Então como vai o Lucas?"
Eu - "Vai muito bem, cheio de apetite, muito chato de volta de nós, muito activo!"
Vet sorrindo - "Esse gato vai mesmo contra as leis da medicina, vamos lá ver como estão as análises."
(...)
Vet - "Os valores baixaram mais um bocadinho - (ou a variante "Os valores estão iguais") - estão muito abaixo dos valores normais, é continuar com a medicação, para lhe dar algum conforto, e aproveitar cada dia. Com os valores dele, normalmente ele já não estaria aqui, está a esgotar as reservas...
Eu - Pois...nós fazemos tudo certinho, todos os dias à noite. Damos o soro e o comprimido...
Vet - Pronto, então até daqui a 15 dias, se não acontecer algo entretanto.

E estas palavras ressoam cá dentro, dia após dia, e vão-se esbatendo ao longo dos 15 dias, confrontadas com o que os meus olhos veêm, confrontadas com um gato que continua a fazer asneiras, que continua a pedir colo, que continua mais teimoso que eu, confrontadas com a minha esperança inútil de melhoras. Felizmente de 15 em 15 dias tenho uma "aula" de reciclagem, para voltar a focar-me.

"Aproveitar cada dia"..."dar conforto"...são algumas das expressões que aprendi este ano, mas a que me tem feito mais impacto é que de facto, independentemente de saber muito bem em que situação estamos, "a esperança é mesmo a última a morrer".

sábado, 22 de outubro de 2011

Decisões


Vou a 120km/h numa estrada nacional e diz o Homem-Que-Não-Assina:
- Olha mé-més! Olha a curva!
Bom, ou olho para os més ou para a curva, decide-te!

Nota: caso o leitor seja um agente da autoridade, nomeadamente da BT, isto aconteceu tudo num sonho.

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

terça-feira, 18 de outubro de 2011

O prometido é devido

Os 1000km...é chegada a hora da revisão e depois...bom, depois emprestar a LéLé ao Homem-Que-Não-Tem-Medo.

A boa notícia é que vou já ficar a saber quanto é que ela dá...a má, bom...não vamos pensar nisso...

Esta é para as donas de casa

Domingo à noite não estendam roupa!

Estava eu aqui a ver a previsão do tempo para o fim de semana e olhem o que eu descobri. Na madrugada de segunda-feira, vento com rajadas de 82km/h e 19mm/3h de chuva!


S. Pedro voltou finalmente de férias e desligou o Cruise-Control do Verão...

Fonte:http://www.windguru.cz/pt/index.php?sc=181561

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Esqueci-me das chaves

Considerações que me assolam por estar fechada fora de casa, à espera de um Homem-Que-Tem-A-Chave-Mas-Está-Atrasado:

- Tenho de comprar umas cadeiras melhores cá para fora.
- Felizmente há wifi no quintal.
- Raisparta mais às melgas, vou para dentro do carro.
- Olha, já agora vou ver se me saiu o euromilhões...ía já comprar uma casa sem fechaduras!

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

A minha dona é parva

Primeiro pensei num Teletubbie, mas depois lembrei-me do tamboril do "À Procura de Nemo" e não consegui parar de rir. Daí as fotos tremidas...



quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Então e a casa?

Bolas pá! Que mania esta que o HQNA tem de se lembrar das coisas importantes.
Estava eu em fúria, a desabafar sobre a minha frustração profissional, de me esforçar e gastar enquanto outros não me deixam trabalhar, dizendo que não quero saber, vou mandar tudo pelos ares, e que cogumelo bonito faria, quando me pergunta ele: "Então e a nossa casa?"

Porra!

Sendo assim, vou ter de ouvir a Des'ree em loop até isto me passar...

A letra está aqui: http://www.stlyrics.com/lyrics/thatssoraven/yougottabe.htm

Test-drive

O Homem-Que-Não-Assina ofereceu-me um disco externo nos anos. E pergunta ele: "Então o disco é bom?"
Para almofada não está mal...

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

O meu Omnia é um espectaculo


terça-feira, 11 de outubro de 2011

Entretanto em Sines


segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Qual Agosto, Qual Quê

Em Outubro é que se está bem!

domingo, 9 de outubro de 2011

Não pedia mais nada

Esta vida e 2000€ por mês.

sábado, 1 de outubro de 2011

Call Center Celestial

"Benvindo ao Centro de Atendimento Celestial, por favor insira o seu número de Crente"
(...)
"Obrigado. Por favor escolha uma das seguintes opções:
- para Confissões e Pecados, prima 1;
- para Pedidos e Milagres, prima 2;
- para Alteração de Crença, prima 3;
- para Tempestades, Dilúvios ou outras Pragas, prima 4;
- para letras de Avés Marias e Pais Nossos, prima 5;
- para falar com um assistente, prima 9;
- para falar com Deus, desligue o telefone e reze."
(...)"4"(...)
- Tempestades, Dilúvios e outras Pragas, boa tarde. Em que posso ser útil?
- Boa tarde, queria encomendar um raio.
- Concerteza, é para entregar onde?
- É para acertar num tubarão, pode ser?
- Para entregas no mar, tem de ligar para a linha de atendimento de Neptuno.
- Não, não é um tubarão desses, é dos empresariais. Aqueles que comem tudo...e não deixam nada...
- Só um momento por favor...
(...)(música celestial)(...)
- Verifico que o seu saldo de esmolas se encontra negativo, e neste caso não podemos activar o seu pedido.
- Mas eu ainda este fim de semana fui ao baptizado do meu sobrinho, e cantei na missa e tudo...
- Bom, poderá repor a situação rezando 3 Avés Marias e 2 Pais Nossos.
- Ok, então aceito.
- Muito bem, qual o serviço que vai querer? O Raio Fumegante, Fulminante ou Electrizante?
- Hum....
- Devo dizer que temos uma promoção este fim de semana: na aquisição de um Raio Fulminante oferecemos uma aguaceiro ao domicílio.
- Pode ser esse então.
- Só um momento...
(...)("ALELUIA" em música celestial)(...)
- Obrigado por aguardar, o seu pedido será activado dentro de momentos. Obrigado por contactar os nossos serviços."