sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Um de cada vez

http://www.publico.pt/Sociedade/isaltino-morais-foi-preso-hoje-1514376

Já só faltam 3743.

--------------------

Errata pós-post: ...faltam 3744...

http://www.publico.pt/Local/isaltino-morais-foi-libertado_1514547

sábado, 24 de setembro de 2011

Morte aos passarinhos


quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Inteligência Emocional

Não tenho nenhuma, nada, nicles, népia, zero, nop! Definitivamente não dava para política!

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Regatear

Carpinteiro - "...mas isto é madeira de 3cm, não estica, não encolhe, nem troce!"
Eu - "Ah pronto, então se não troce, está bem!"

As pessoas

É muito difícil encontrar quem queira trabalhar. Quem leve o trabalho a sério, quem compreenda que trabalhar (e bem) não é apenas um meio de obter dinheiro mas algo que nos pode elevar intelectualmente e proporcionar-nos horizontes completamente inesperados e promissores.

Raios, como odeio estar cheia de trabalho e ver à minha volta gente a não fazer nada e sem a mínima vontade de mudar. Só uma coisa me acalma nestes dias, a certeza que vou chegar mais longe que elas.

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Ah Ganda Lucas !!!

Quem me segue no blog talvez tenha só uma ideia disto, mas quem me segue pessoalmente sabe que as ultimas semanas não têm sido fáceis para mim, e possivelmente sabe isso até melhor que eu.

O Homem-Que-Não-Assina disse-me que esta história toda do Lucas me afecta mais do que eu penso. Ele lá saberá, que está a ver de fora, mas hoje dei-lhe razão, porque sinto-me com menos 10 kg que ontem, de repente já me apetece trabalhar e agir, e muito. Já me apetece fazer todas as tarefas que tenho adiadas. E só a ideia de me alapar no sofá sem fazer nada faz-me cócegas.

Esta piadola dos 10 kg até nem é descabida, pois tenho de facto menos 16Kg que há exactamente um ano atrás. Sim, a sério, mas depois falamos disso. Voltemos ao Lucas. A perda de "peso" de que falo foi desde ontem à tarde.

 Eu não vos saturei com dados clínicos e relatos de internamentos, mas o facto é que o meu velhote esteve mesmo muito mal nas ultimas semanas. Sem muitos pormenores, vários factores resultaram numa anemia muito grave, 10% de glóbulos vermelhos no sangue, e a idade a não ajudar.

Fez-me pensar que tinha chegado o fim, fez-me chorar a sério, fez-me gastar o equivalente a uma mobília de quarto de casal (da Cerne não, mas vá, uma das melhorzitas do IKEA) e fez-me definhar sem vontade de fazer absolutamente nada, enquanto esperava dia após dia que ele tivesse vontade de comer, que voltasse a ter o nariz cor de rosa, que voltasse a olhar para mim com o seu ar esperto.

Arriscámos uma transfusão, "para lhe dar tempo"-  frase que me desfez - "de reagir aos medicamentos", e esperámos. Arriscámos bem, o nível de glóbulos subiu para 18%, ele ganhou forças, voltou para casa a tempo de festejar os anos da Niki, e ficámos à espera de saber quanto tempo tínhamos ganho. Apenas isto, nada mais a esperar.

Mais uns dias, ainda 18%, bom sinal. "Está-se a aguentar bem." - disse o médico. Chamou-lhe "O Resistente". Já o conhece de outras "crises".

Mais outra semana, ontem, o nível a 20%, e o médico sem palavras, tão espantado quanto nós, não nos soube explicar como é possível, mas o facto é que o Lucas não está apenas a aguentar-se, está a recuperar, está a produzir glóbulos vermelhos. Ele não ganhou só tempo, ganhou mais uma vida. E de repente, não sei porquê, tenho vontade de trabalhar, de treinar, de escrever no blog. O Homem-Que-Não-Assina tinha razão, mas que raio, tem sempre...

AH GANDA LUCAS! Não mereces uma mobília de quarto, mereces um IKEA inteiro! Por falar nisso, lembram-se disto?

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Na categoria Whisky

Este ano o "Ervilhas" passou ao lado de todos os aniversários da família, um pouco propositadamente para não saturar o tema, embora com uma discreta celebração no dia do meu, com a publicação da Edição Especial da BD Caseira (o blog é meu e eu faço o que eu quiser!).

Mas hoje não posso deixar passar a grande celebração que acontece lá em casa. Com o Lucas regressado de mais um internamento e em situação estável (já lhe chamam "O Resistente" no veterinário), estamos em condições de celebrar a passagem da Niki à categoria whisky. É isso mesmo, a menina faz hoje 12 anos. Haverá latinha para todos (especial Renal para o Lucas) e até o papão do aspirador será convidado.
O melhor esconderijo: "Mãe, tens uma manchinha de humidade na banheira...mal se nota."
Ao falar nesta novidade, disseram-me esta manhã que só tenho gatos velhos, e o meu humor anda muito sensível neste assunto pelo que resolvi responder a sério: "Eles envelhecem, sabes?". Respondi ainda que quando se decide adoptar um animal tem de se pensar muito bem no que se está a fazer. Quantos anos vai viver o animal, onde vai dormir e comer, onde vamos estar nós daqui a esses anos, estamos dispostos a abdicar de algumas coisas pela companhia dele, somos esse tipo de pessoa? São estas e muitas mais perguntas que têm de ter resposta antes de o levar para casa porque "é tão querido" e "tão pequenino".

Atenção que sou totalmente a favor das adopções não planeadas, aquelas de encontrar na rua e levar para casa em gesto de salvamento, mas lá está, é preciso saber de antemão que somos o tipo especial de pessoa que pode fazer isso.

O dia-a-dia de um idoso felino

Dieta especial e carradas de comprimidos.

Estou a pensar comprar-lhe uma daquelas caixinhas com compartimentos para os medicamentos: segunda, terça, quarta, almoço, jantar, etc...

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

A preparação é importante

Desta vez trago um conselho para jovens não casadoiros.

Jovens, caso queiram meter conversa com uma miúda motard parada num semáforo, tentem reconhecer a mota primeiro (o modelo costuma vir escrito de lado), ou então nem sequer vão por aí e falem só do tempo...

"Eeeeehhhhh, eu já tive uma dessas, uma CBR600...g'anda máquina!"

Gajo do semáforo, para além do facto de não saberes ler....uma HONDA?????? A Lélé ficou furiosa.

Pensei responder - "Achas mesmo que uma traseira linda como esta é de uma HONDA?" - mas achei melhor não...

A vida no campo...

...é passar uma tarde a descascar amêndoas.


Aquele monte de pêlo amarelo no meu colo chama-se Isidro e mora lá na terra.

terça-feira, 6 de setembro de 2011

BD Caseira XVIII - The Making Of


segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Brrrrr.....

Hoje só vos digo isto: às 07h30 está um frio do caneco para usar as luvas de Verão...


domingo, 4 de setembro de 2011

BD Caseira XVIII - Edição Especial Verão 2011


sábado, 3 de setembro de 2011

Sim querido!


"Põe-me protector nas costas."

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

BD Caseira XVII



quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Micro-sapos

Eu ía hoje publicar uma BD sobre a praia, mas não me parece adequado ao ambiente lá fora....
Sendo assim, faço um post sobre chuva.

Sempre que chove a cântaros ocorre um fenómeno da Natureza na minha terra. Todos os sapos saem das suas tocas (que ficam alagadas, julgo eu) e toca de procurar um sítio melhor e menos "húmido", sítio esse que acham muitas vezes ser o meu quintal.

Nesta altura do ano os ditos sapos são ainda micro-sapos, mas independentemente do tamanho, é comum salvarmos alguns das garras de "Maria, o Terror dos Escaravelhos (ou algo que se pareça com um)". Ontem à noite salvei três, esta manhã salvei mais este.

Nem todos os sapos recorrem ao meu quintal. Há também os que acham que o sítio melhor está do outro lado da estrada e toca de atravessar e parar para ver o mapa no meio, o que tornou célebre a frase "Cuidado com os sapos!" nas viagens que fazemos à chuva.